PUBLICIDADE
Jornal
culinária cearense

Cozinha criativa

|novo conceito|Lançado por três jovens cozinheiros, projeto Tríade é voltado a valorizar os insumos locais, fazer releituras da gastronomia regional e levar menus itinerantes por restaurantes da Cidade. Conheça a proposta

01/02/2019 03:43:10
FORTALEZA, CE, BRASIL, 29-01-2019: Diego Freire, 21, Cozinheiro (Barba) / Pedro Paulo, 23, Cozinheiro (Barbae Tatuado)/ Guido Azevedo, 22, Cozinheiro (cabelo liso). Projeto Triade, Fotos no Restaurate Rosa Celeste. (Foto: Aurélio Alves)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 29-01-2019: Diego Freire, 21, Cozinheiro (Barba) / Pedro Paulo, 23, Cozinheiro (Barbae Tatuado)/ Guido Azevedo, 22, Cozinheiro (cabelo liso). Projeto Triade, Fotos no Restaurate Rosa Celeste. (Foto: Aurélio Alves) (Foto: AURELIO ALVES)

Três jovens amigos e cozinheiros se uniram com o propósito de somar à cena gastronômica de Fortaleza na criação de um projeto versátil, cultural e criativo. A história mais parece com a sinopse de um filme, mas estamos falando da vida real. Diego Freire, 21, instrutor de Senac-CE; Pedro Paulo, 23, formado em Gastronomia pela Universidade Anhembi Morumbi (SP) e Guido Azevedo, 22, especialista em técnico de cozinha, são os criadores do Tríade, projeto que busca valorizar a culinária cearense de forma jovem, autoral e moderna.

A novidade teve sua estreia em janeiro deste ano. A ideia é fazer menus degustação itinerantes em parceria com restaurantes e cozinheiros convidados. "Para o evento piloto convidamos um amigo, que é um grande cozinheiro de São Paulo, Victor Valadão. Fizemos em parceria com o restaurante Moana e todos os nossos apoiadores. O menu degustação teve seis etapas, mostrando tudo que temos de bom em nossa terra e fornecendo uma experiência surpreendente para quem esteve presente", explica Diego.

A escolha dos próximos restaurantes promete ser plural. Diego pontua que existe facilidade em trabalhar com produtos e técnicas que caminham com a culinária regional em qualquer cenário, pois esse tipo de cozinha é versátil e se assemelha a várias outras consagradas pelo mundo. "O regional é mais do que o caricato que conhecemos e é isso que pretendemos passar para as pessoas", conta. Para o desenvolvimento e logística das edições do projeto eles contam com o apoio do chef Fernando Barroso e outros parceiros.

A vontade de fazer algo que caminhasse em companhia com a culinária cearense sempre esteve nos planos do trio. A variedade e riqueza de insumos de qualidade no Estado é a base da proposta. A ideia é criar pratos com os melhores insumos, que são analisados desde a pesca - eles acompanham a melhor época para reprodução dos animais, por exemplo -, além técnicas específicas e sempre priorizando sabores enxutos.

O Tríade promete seguir ainda por vários meses na cena da gastronomia de Fortaleza e, na agenda de fevereiro, promete novidades. Para ficar atualizado, acompanhe os próximos passos nas redes sociais. Vale conhecer!

Melancia de Icapui marinada em água de pepino com vinagrete de amendoim de juazeiro e óleo de gergelim
Melancia de Icapui marinada em água de pepino com vinagrete de amendoim de juazeiro e óleo de gergelim
Macaxeira do sertão envolta em pó de algas de flecheiras, ova de peixe camurupim e creme azedo
Macaxeira do sertão envolta em pó de algas de flecheiras, ova de peixe camurupim e creme azedo
Choux com craquelado de rapadura e shoyu, recheada com creme de feijão verde infusionado com kombu e palha de carne do sol
Choux com craquelado de rapadura e shoyu, recheada com creme de feijão verde infusionado com kombu e palha de carne do sol

O que o trio já criou e serviu

Projeto Tríade

Contato: (85) 996375781

Instagram: @triadbr

Mais informações: triadecozinha@gmail.com

Bárbara Bezerra