PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Potências dos corposque dançam

vida_e_arte

01:30 | 06/12/2018
Instituto Katiana Pena divulgação
Instituto Katiana Pena divulgação

Neste sábado, 8, a partir das 18 horas, o Instituto Katiana Pena promove a segunda edição do Festival CorpoPotência. Resultado das ações desenvolvidas todos os anos pelos professores do IKP, com aulas, vivências e potencialidades da dança no Grande Bom Jardim, o evento contará com a presença artística de 20 turmas do Instituto, somando cerca de 500 alunos apresentando seus trabalhos coreográficos construídos ao longo do ano.

 

O foco da atuação do IKP, como explica a própria Katiana, é "a transformação social gerada pela arte". "A partir disso, o indivíduo é completamente moldado como um ser pensante, com visão de futuro e que entende que pode ganhar o mundo com a arte ou mesmo com a carreira que almeja seguir", estabelece a coreógrafa.

 

Katiana explica, ainda, que os coreógrafos responsáveis pelos trabalhos apresentados em CorpoPotência, são também ex-estudantes do Instituto. "São a segunda geração de uma transformação iniciada em 2007. Hoje esses bailarinos, professores e coreógrafos apresentam com suas suas turmas o rico e potente trabalho desenvolvido em 2018 e ensinado aos seus alunos", avança. No festival, Katiana adianta que será trazido "o melhor da dança de periferia, da dança bairrista, produzida com poucos recursos, mas com o poder da transformação".

 

"A importância (do festival) é macro porque engloba múltiplos aspectos positivos. Nos alunos, gera autoconfiança em poder mostrar um trabalho de qualidade realizado em sala de aula. Para as famílias, parte de uma expectativa em ver seus filhos, sobrinhos e netos realizando sonhos ao estarem no palco. E para a comunidade, o intuito maior é fazer com que o CorpoPotência entre para o calendário anual do bairro, como um evento da periferia, com pessoas da periferia", espera Katiana.