VERSÃO IMPRESSA

Imagens de escape

| ARTE PÚBLICA | Fotógrafo espalha pela Capital imagens de detalhes que, na correria cotidiana, passam desapercebidos. Obras serão expostas no Centro Cultural Belchior

01:30 | 03/05/2018
[FOTO1]

Na esquina da rua Conselheiro Tristão com a avenida Domingos Olimpio, um cartaz em vermelho exibe um QR Code (códigos de barras escaneáveis). É o Projeto Locus, um convite a redescobrir a Capital por meio dos detalhes. A iniciativa é do fotógrafo Tiago de Alencar e consiste na construção de uma “exposição a céu aberto” por espaços públicos da Cidade. A partir de amanhã, o Locus conquista mais um espaço e passa a ter instalação no Centro Cultural Belchior, na Praia de Iracema. O projeto segue em exposição até o dia 4 de junho.


Tudo começou com a foto de uma flor postada nas redes sociais. “Eu publiquei a foto e compartilhei a localização. Alguns amigos me contaram que foram ao local para ‘achar’ a mesma foto”, conta Tiago. Aí ele se atentou: na correria dos dias, muitos fortalezenses acabam não reparando em pequenos detalhes – como uma flor. “Cada um registrava a mesma coisa com o seu olhar próprio, sua interpretação, seu sentimento. Esse mesmo sentimento, de ir até o local, de se sentir mais próximo, de estar perto, foi o que moveu o Locus”, detalha.


Com o desejo de extrapolar esse compartilhamento de imagens entre seus amigos, o fotógrafo resolveu espalhar QR Codes com as fotos e os locais onde podem ser feitas, visitadas, apreciadas. “Eu espalho (os cartazes) geralmente em locais de engarrafamento, que é quando as pessoas estão apressadas, indo e vindo. É uma forma de elas irem se distraindo, indo para outros lugares”, detalha o idealizador.

[FOTO2]

Para ele, o fortalezense acaba não olhando a Cidade com atenção. “Temos um visual lindo e quase nunca olhamos. Por isso, escolhi bairros que todo mundo conhece, mas, ao mesmo tempo, não conhece, não olha”. Como recorte, elegeu como foco sete bairros para serem retratados: Barra do Ceará, Praia de Iracema, Centro, Benfica, Dionísio Torres, Aldeota e Messejana.


O fotógrafo comemora a chegada de duas das fotos do projeto a um equipamento público. “É mais um espaço para falar dessas rotas de fugas que temos na própria cidade”, aponta.

 

Projeto Locus

 

Quando: abertura amanhã, às 19 horas.
Segue até 4 de junho

Onde: Centro Cultural Belchior (rua dos Pacajús, 123 - Praia de Iracema)

Programação gratuita


RENATO ABÊ

TAGS