VERSÃO IMPRESSA

Ações prevêem ruas para pedestres na Praia de Iracema

01:30 | 14/04/2018
[FOTO1]

A rua dos Tabajaras, nos finais de semana, costuma receber diversos eventos, festas e shows em seus bares e restaurantes. É comum coexistirem nela veículos estacionados, vendedores ambulantes, pedestres e carros trafegando, o que costuma causar transtornos. “Com a movimentação das festas no Mambembe, tudo tomou uma proporção maior do que a gente poderia imaginar”, contextualiza Luana Caiube, sócia e produtora cultural do estabelecimento. “O Mambembe tem capacidade para 400 pessoas, mas o público que vem para a rua é bem maior. É como se ela recebesse, por sábado, mil, 1500 pessoas, das quais só 400 conseguem pegar nossos ingressos”, afirma.


Conforme explica Davi Gomes, presidente do Instituto Iracema, o processo de requalificação da Praia de Iracema capitaneado pela entidade entende a rua dos Tabajaras como “uma das principais vias do bairro e tem visibilidade na área cultural” e, assim, existem projetos pensados para o ordenamento do trânsito no local. “Eles incluem um plano integrado de trânsito, para que ela se torne de tráfego lento, com limitação de carros pesados”, afirma. Outro ponto previsto é o fechamento da rua nas noites de sexta, sábado e domingo. “Isso está sendo estudado com os comerciantes e donos de estabelecimentos, como o Mambembe, o Ritmo Urbano, o Pirata. Nas reuniões, avaliamos em que horários isso pode acontecer, como pode funcionar”, explica. Luana, por sua vez, aponta falhas nesse diálogo. “Acho que poderia acontecer uma comunicação mais clara entre os órgãos (públicos) e os empresários”,diz.


O cronograma do Planejamento Estratégico da Praia de Iracema divulgado pela Prefeitura em dezembro de 2017 apontava que as mudanças na rua dos Tabajaras estavam previstas para março. Questionado, Davi afirma que não houve atraso, pois os estudos da aplicação do tráfego lento e do fechamento da rua começaram. “A gente fez testes de fechar a rua durante o Pré e o Carnaval, e em março testamos o fechamento nos finais de semana”, justifica. Ainda segundo o presidente do Instituto, a implementação das novidades deve se dar no mês que vem. “Não apenas a rua dos Tabajaras, mas também o trecho da Beira-Mar entre a Iracema Guardiã e o Hotel São Pedro está sendo estudado para ser fechado aos domingos”, adianta.

João Gabriel Tréz



GABRIELLE ZARANZA

TAGS