VERSÃO IMPRESSA

Melhor idade

01:30 | 03/02/2018

Ney Matogrosso conta que, saindo de um show empolgado, foi parado por um garoto que insistia em lhe cumprimentar. “O show foi massa, tio”, disse o fã, deixando o astro “arrasado” pelo uso do “tio”. Se esse mesmo garoto encontrasse Ney hoje, aos 76 anos, o que diria? O fato é que Ney tem por hábito desafiar o tempo. Como vocalista do Secos&Molhados, o que fazia no palco já apontava para décadas no futuro. Sem pudores ou vontade de chocar, ele reúne suas referências num trabalho que nunca se pautou por modismos. Assim tornou-se um movimento em si. É autor e protagonista de uma obra tão plural de sentidos que merece ser estudada nas mais diversas esferas.

Marcos Sampaio,

crítico de música

GABRIELLE ZARANZA

TAGS