VERSÃO IMPRESSA

O Ceará repaginado

Tapioca, peixada, baião-de-dois, sarrabulho, passarinha, torresmo e mugunzá salgado. Nossa regionalidade e tradição ganham releituras pelas mãos de chefs da atualidade

01:30 | 19/01/2018
[FOTO1]

Com vertente portuguesa e forte traço indígena, a culinária cearense se processou do sertão para o litoral, seguindo os caminhos da colonização do Estado. O resultado é uma cozinha sertaneja e cabocla marcada pelo consumo de peixes, farinha de mandioca, tubérculos, carnes secas, feijões, milho, frutas e laticínios. É o pertencimento, a memória e a afetividade que fazem um prato ser regional, estando seus elementos especialmente relacionados ao quanto ele diz da identidade de uma região e de um povo. Com este acúmulo de referências, chefs ressimbolizam as raízes da culinária do Ceará em pratos da gastronomia contemporânea e autoral.

GABRIELLE ZARANZA

TAGS