PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

No embalo das 33 rotações

A noite fortalezense encontra-se recheada de eventos que têm o vinil como atração. Conheça os locais e DJs/colecionadores especialistas no assunto

01:30 | 07/09/2017

Alan Morais: o
Alan Morais: o "DJ, colecionador, pesquisador e, nas horas vagas, advogado" atualmente possui uma coleção com mais de 4 mil LPs DIVULGAÇÃO

Conhecidos como long-plays ou bolachões, os discos de vinil – surgidos no final dos anos 1940 - tornaram-se, de uns tempos para cá, um atrativo a mais na noite fortalezense. Para além de quem coleciona (um número cada vez mais crescente de adeptos por sinal), muitos também são os eventos e festas que têm nos LPs o chamariz para uma boa noitada de diversão.

Um dos nomes mais conhecidos da cena, sem dúvida, é o de Alan Morais, 41. “DJ, colecionador, pesquisador e, nas horas vagas, advogado”, como costuma brincar, ele desdobra-se em vários para dar conta de projetos distintos ao longo da semana. Discotecando de terça a domingo, o repertório para cada local depende do público.

"No Abaeté, vai uma garotada mais na linha do Mambembe. Na sexta, que é no Cantinho do Frango, é mais de meia-idade, família e é bom também para quem vai pra comer mesmo", explica Alan, que atualmente possui mais de quatro mil discos, entre compactos e long-plays – inclusive o do seu extinto bloco Sanatório Geral, “que foi o primeiro disco cearense lançado depois dessa volta dos vinis ao mercado", destaca.

Alan discoteca desde 1999 – “comecei ali no Esquina da Silva, no bar do (Fernando) Catatau – e, profissionalmente, “com dois toca-discos e um mixer” desde o ano de 2007. Maranhense radicado no Ceará, Március Fish, 42, trabalha como DJ há cerca de dois anos e meio e, há quatro meses, comanda às quintas-feiras o Vinil Sounds na Culinária da Van num repertório que privilegia o universo regional, do Pessoal do Ceará a Zé Ramalho, Raul Seixas, Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, entre outros.

Partindo para a Sabiaguaba, o Portal Ecolounge oferece música em vinil aos sábados, tendo à frente os DJs Tomé e C_lecta Fisherman (Jotapê Aires). Com o Sessão da Tarde, a seleção passeia pelas nuances da música brasileira. “O local é lindo, na beira do rio. Tem um por do sol incrível e o público é variado, tanto casais jovens, quanto pessoal um pouco mais velho. Lá tem também stand up, caiaque, passeio de barco...”, adianta Tomé, 27, que a cada 15 dias também torna-se uma das atrações do Salada Sonora Brasileira na pracinha da Gentilândia (Benfica).

Por fim, no Floresta Bar, além da já tradicional Noite do Vinil com o DJ Carlos Magno (sempre no último sábado do mês), a dica é também apreciar a Feira Vinil é Massa, que acontece já neste domingo. Com a entrada franca, o evento - no segundo domingo do mês - reúne cerca de 30 expositores de discos.

-->-->

 

ALGUNS LOCAIS PARA CURTIR OS ‘BOLACHÕES’

Abaeté BotecoO quê: Projeto Abaeterça com o DJ Alan Morais

Quando: às terças-feiras, a partir das 20 horas

Onde: Rua Castro Alves, 513 – Joaquim Távora

Não é cobrado couvert

Telefone: 98765 1315

Culinária da Van

Conhecidos como long-plays ou bolachões, os discos de vinil – surgidos no final dos anos 1940 - tornaram-se, de uns tempos para cá, um atrativo a mais na noite fortalezense. Para além de quem coleciona (um número cada vez mais crescente de adeptos por sinal), muitos também são os eventos e festas que têm nos LPs o chamariz para uma boa noitada de diversão.

Um dos nomes mais conhecidos da cena, sem dúvida, é o de Alan Morais, 41. “DJ, colecionador, pesquisador e, nas horas vagas, advogado”, como costuma brincar, ele desdobra-se em vários para dar conta de projetos distintos ao longo da semana. Discotecando de terça a domingo, o repertório para cada local depende do público.

"No Abaeté, vai uma garotada mais na linha do Mambembe. Na sexta, que é no Cantinho do Frango, é mais de meia-idade, família e é bom também para quem vai pra comer mesmo”, explica Alan, que atualmente possui mais de quatro mil discos, entre compactos e long-plays – inclusive o do seu extinto bloco Sanatório Geral, "que foi o primeiro disco cearense lançado depois dessa volta dos vinis ao mercado", destaca.

Alan discoteca desde 1999 – “comecei ali no Esquina da Silva, no bar do (Fernando) Catatau – e, profissionalmente, “com dois toca-discos e um mixer” desde o ano de 2007. Maranhense radicado no Ceará, Március Fish, 42, trabalha como DJ há cerca de dois anos e meio e, há quatro meses, comanda às quintas-feiras o Vinil Sounds na Culinária da Van num repertório que privilegia o universo regional, do Pessoal do Ceará a Zé Ramalho, Raul Seixas, Jackson do Pandeiro, Luiz Gonzaga, entre outros.

Partindo para a Sabiaguaba, o Portal Ecolounge oferece música em vinil aos sábados, tendo à frente os DJs Tomé e C_lecta Fisherman (Jotapê Aires). Com o Sessão da Tarde, a seleção passeia pelas nuances da música brasileira. “O local é lindo, na beira do rio. Tem um por do sol incrível e o público é variado, tanto casais jovens, quanto pessoal um pouco mais velho. Lá tem também stand up, caiaque, passeio de barco...”, adianta Tomé, 27, que a cada 15 dias também torna-se uma das atrações do Salada Sonora Brasileira na pracinha da Gentilândia (Benfica).

Por fim, no Floresta Bar, além da já tradicional Noite do Vinil com o DJ Carlos Magno (sempre no último sábado do mês), a dica é também apreciar a Feira Vinil é Massa, que acontece já neste domingo. Com a entrada franca, o evento - no segundo domingo do mês - reúne cerca de 30 expositores de discos.

-->-->

ALGUNS LOCAIS PARA CURTIR OS ‘BOLACHÕES’

Abaeté BotecoO quê: Projeto Abaeterça com o DJ Alan Morais

Quando: às terças-feiras, a partir das 20 horas

Onde: Rua Castro Alves, 513 – Joaquim Távora

Não é cobrado couvert

Telefone: 98765 1315

Culinária da VanO quê: Projeto regional Vinil Sounds com o DJ Fish

Quando: às quintas-feiras (exceto hoje), às 19 horas

Onde: Rua Waldery Uchôa, 230 - Benfica

Quanto: R$ 3 (couvert)

Telefones: 3283 8600 / 98935 5735

 

Cantinho do Frango

O quê: Projeto Happy Hour Vinil com o DJ Alan Morais

Quando: às sextas-feiras, a partir das 18 horas

Onde: Rua Torres Câmara, 71 - Aldeota

Não é cobrado couvert

Telefone: 3224 6112

 

Portal Ecolounge

O quê: Projeto Sessão da Tarde, com os DJs Tomé e C_lecta Fisherman

Quando: aos sábados, a partir das 16 horas

Onde: Rua Valdir Bezerra, 110 - Sabiaguaba

Quanto: R$ 7 (couvert)

Telefone: 98760 1830

Floresta: Bar e Self-Service

O quê: 10ª Feira Vinil é Massa

Quando: domingo, 10, a partir das 17 horas

Onde: Av. Santos Dumont, 1788 / loja 1 - Aldeota

Entrada franca

Telefone: 3224 3351

 

TERESA MONTEIRO