PUBLICIDADE
Jornal

Escritor cearense concorre a prêmio nacional

07/09/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

O livro Gandu e o Amuleto de Mirã, do escritor cearense Paulo Gomes, 23, está concorrendo ao Prêmio Sylvia Orthof de literatura infantil. A premiação faz parte dos Prêmios Literários da Fundação Biblioteca Nacional, que escolhe os melhores autores, tradutores e projetistas gráficos em nove categorias, cada uma com o nome de um autor que represente o gênero da premiação.


O resultado da inscrição saiu na última sexta-feira, 1º. O estudante de enfermagem, que mora em Paracuru, conta que os editores da publicação inscreveram o livro por ter sido um dos mais vendidos, mas ele não sabe precisar quantos exemplares foram comercializados. “Na verdade foi uma surpresa. Não sabia que a inscrição que eles fizeram iria ser habilitada”, conta Paulo.


O Prêmio Sylvia Orthof acontece desde 2013 e leva em consideração a qualidade literária, criatividade e contribuição da obra à cultura nacional. O júri é composto por três especialistas na área. Nessa edição, o livro de Paulo concorre com outras 130 obras. “Eu sei que eu posso não ganhar, mas ter meu nome na lista me abriu as portas que eu precisava, irá facilitar novas parcerias e contratos”, comenta o autor.


A primeira parte das aventuras de Gandu foi publicada em abril desse ano, mas Paulo vem escrevendo a história, que será composta por seis volumes, desde 2014. A divulgação do resultado do prêmio está prevista para o dia 11 de outubro e a cerimônia de premiação para o dia 27 do mesmo mês. Caso ganhe, o estudante irá receber um prêmio de R$ 30 mil. Confiante, ele já faz planos. "Bom, eu tenho um sonho de produzir um curta de animação, talvez invista nisso. Também penso em traduzir o livro para o espanhol", completa o estudante.

 

 

Larissa Pacheco

TAGS
NULL