PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Plurais e harmônicos

Exposição Pluralidade apresenta obras de 10 artistas em uma mescla de suportes, elementos e técnicas para falar de como a arte pode ser convergente

01:30 | 14/09/2017
Série Geminação, do ilustrador Marcos Oriá , é uma das obras que estarão expostas na mostra Pluralidades FOTOS REPRODUÇÃO
Série Geminação, do ilustrador Marcos Oriá , é uma das obras que estarão expostas na mostra Pluralidades FOTOS REPRODUÇÃO

A arte pode ser feita em diversos suportes, misturar elementos e técnicas. E é para apresentar um pouco desse universo que a exposição Pluralidade reúne, a partir de hoje, obras de 10 artistas na Galeria Vicente Leite, na Uni7. “Usei esse termo para costurar os elementos”, explica Dante Diniz, curador da exposição.

Dante comenta que dentre as obras estão desenhos em pergaminho, de Gerson Ipirajá, que conversam muito bem com bordados da artista No Dessart, por exemplo. “As obras são diferentes, mas não brigam, se harmonizam. Não é cada um apontando para um lado, são individualizados mas conversam”, esclarece. As obras foram garimpadas em ateliês e outras galerias. “Quando estava fazendo a pesquisa, fui olhando os elementos e vi que tinham certa diferença, mas ao mesmo tempo existia nelas uma carga de poesia e elementos aleatórios que compunham bem a exposição”, emenda Dante.

&nsbp;

Marcos Oriá está presente na exposição com obra da série Geminação. Para o artista, a pluralidade de que a mostra trata fala também da convergência nas artes. “Acho que a própria pegada da arte contemporânea, essa busca pelo novo, traz a interseção entre os trabalhos. [...] Na arte a gente busca o equilíbrio”. Além disso, Oriá comenta sobre o complemento que a arte encontra em quem a observa. “A obra se completa com o interlocutor, e também nos outros artistas”.

A exposição trazi ainda obras de Jô Fernandes, Jorge Luiz, Júlio Lira, Kleoman Fontenele, Nícia Bormann, Silvano Tomaz e Zé Tarcísio. A mostra segue até o dia 14 de outubro.

Gravura da artista Nícia Bormann, que estará na exposição
Gravura da artista Nícia Bormann, que estará na exposição
 

SERVIÇO

 

Abertura de Pluralidade

Quando: hoje, 14, às 20 horas (a mostra segue aberta até 14/10)

Onde: Galeria Vicente Leite (Av. Alm. Maximiniano da Fonseca, 1395 - Luciano Cavalcante)

Entrada ada franca.

 

LARISSA PACHECO