PUBLICIDADE
Jornal

Uma Mulher Fantástica abre 27º Cine Ceará no Cineteatro São Luiz

Filme chileno Uma Mulher Fantástica abre a 27ª edição do festival, amanhã, no Cineteatro São Luiz

04/08/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

No ano em que o Chile é o país homenageado no 27º Cine Ceará - Festival Ibero-Americano de Cinema, o destaque dado ao diretor Sebastián Lelio não é por acaso. Argentino de nascença, o cineasta cresceu no Chile e é hoje um dos principais realizadores contemporâneos do país, premiado nos maiores festivais de cinema do mundo e aclamado pela crítica. No evento cearense, Lelio não apenas conta com um filme na Mostra de Cinema Chileno como também terá seu mais recente lançamento, Uma Mulher Fantástica, disputando o Troféu Mucuripe de Melhor Filme e abrindo oficialmente o Cine Ceará na noite de amanhã, 5, a partir das 19h30min, no Cineteatro São Luiz.


O elogiado longa conta a história de Marina, uma garçonete transexual que sonha em virar cantora e mantém uma relação amorosa com um homem mais velho. Quando ele morre inesperadamente, a personagem precisa lutar contra o preconceito da família do namorado e a burocracia para impor sua identidade e seus direitos – inclusive, e principalmente, o direito ao luto. A obra participou em fevereiro deste ano da 67ª edição do tradicional Festival de Berlim, de onde saiu aclamada pela imprensa especializada. Um dos pontos mais elogiados foi a atuação de Daniela Veiga, que interpreta a protagonista - na vida real, ela é também uma mulher trans. A atriz, à época, foi considerada uma das favoritas na categoria de interpretação, mas as regras do evento impediam que um filme recebesse mais de um prêmio e Uma Mulher Fantástica saiu vencedor na categoria de melhor roteiro, escrito por Lelio e Gonzalo Maza.


Nos júris paralelos ao oficial do festival, o filme ainda foi curiosamente destacado em prêmios bem distintos: saiu vencedor do troféu Teddy, concedido à melhor obra com temática LGBT, e recebeu menção especial do Prêmio do Júri Ecumênico, votado por entidades religiosas cristãs. Nas palavras dos religiosos, “o filme é uma história emocionante sobre uma mulher transgênero no Chile. Apesar do ostracismo social e da humilhação pessoal, Marina continua a lutar por seus direitos, mantendo sua dignidade. Recusando apenas ser identificada pelo seu sexo, ela luta para ter a liberdade de viver todo o seu potencial”.


Competindo na seleção do Cine Ceará com outros seis trabalhos ibero-americanos, Uma Mulher Fantástica é o filme mais internacionalmente reconhecido da seleção. No site estrangeiro Metascore, que calcula a nota média de filmes a partir das opiniões de resenhistas dos Estados Unidos, o longa chileno alcança 9.6 de um máximo de 10. Tamanha repercussão confirma a ascendência do nome de Sebastián no circuito do cinema mundial.


O diretor começou a carreira na década de 1990 com alguns curtas e realizou o primeiro longa, A Sagrada Família, em 2005. A fama mundial veio no Festival de Berlim de 2013 com Glória, comédia dramática que acompanha a vida amorosa de uma mulher de mais de 60 anos. O filme, inclusive, compõe a Mostra de Cinema Chileno e será exibido gratuitamente na Caixa Cultural no domingo, 6, às 15 horas (com retirada de ingressos uma hora antes).


Além de Uma Mulher Fantástica, a noite de abertura do Cine Ceará contará com a exibição do curta de animação A luz da mata, produzido por alunos de escolas públicas da Capital dentro do projeto Enel Compartilha Animação, uma parceria entre a Enel e o Núcleo de Animação da Casa Amarela Eusélio Oliveira, da Universidade Federal do Ceará. O 27º Cine Ceará segue até a próxima sexta-feira, 11.

 

ESPECIAL

 

Mostra de Cinema Chileno

Onde: Caixa Cultural ( Av. Pessoa Anta, 287 - Praia de Iracema). Gratuito


Hoje , 4/8


15h – De quinta a domingo (de Dominga Sotomayor)


17h – Fando e Lis ( de Alejandro Jodorowsky)


19h– Três vidas e uma só morte (de Raúl Ruiz)


Sábado, 5/8


14h – Master Class de Ernesto Garrat – O Cinema de Pablo Larraín


15h – Tony Manero (de Pablo Larraín)


17h – Mar (de Dominga Sotomayor)


19h – A dança da realidade (de Alejandro Jodorowsky)


Domingo, 6/8


15h – Glória (de Sebastián Lelio)


17h – Genealogias de um crime (de Raúl Ruiz)


19h – Adeus (de Leopoldo Muñoz)

 

SERVIÇO

 

Abertura 27ºCine Ceará.

Quando: Amanhã, 5, às 19h30min

Onde: Cineteatro São Luiz (rua Major Facundo, 500 - Centro)

Entrada franca. ( Ingressos disponíveis a partir das 14 horas de hoje na bilheteria do São Luiz)

 

João Gabriel Tréz

TAGS