PUBLICIDADE
Jornal

Ponto de Vista da atriz Ana Carbatti sobre Clementina de Jesus

19/07/2017 01:30:00

Pouca gente conhece Clementina pelo nome, apesar de, certamente, já tê-la ouvido na antológica gravação de Marinheiro Só. Apesar disso, sua contribuição para o cancioneiro brasileiro e para a afirmação da voz feminina num universo bem masculino, à sua época, como era o cenário do samba, foi imensa. Ela foi uma liderança no mundo da música. Ainda que com sutileza, com certa paz, levantava bandeiras importantes para as mulheres: apaixonou-se e casou-se com um homem 10 anos mais jovem, falava da violência contra os negros, contra os abusos das gravadoras e tantos outros assuntos incomuns de serem discutidos com uma mulher, principalmente, negra e de origem pobre. Clementina era pobre, era negra e era empregada doméstica. Clementina era o Brasil inteiro naquela voz e esse legado é inegável e indiscutível.


Ana Carbatti

Atriz que deu vida à cantora na peça Clementina, cadê você?, que rendeu indicação de melhor atriz no Prêmio Questão de Crítica

Adriano Nogueira

TAGS