VERSÃO IMPRESSA

Minicursos discutem a felicidade em Spinoza e a loucura na Psicanálise

01:30 | 07/02/2017
[FOTO1]

Felicidade e ética. Psicose e loucura. Pistas para dois minicursos que se iniciam esta semana e investigam nosso tempo. Um a partir de Spinoza. Outro sob a ótica da psicanálise. As aulas têm a pretensão de tratar os temas sem academicismos, trazendo o debate para interessados de uma forma gral.


O curso “Spinoza, Ética e Felicidade” é ministrado pelo professor Emanuel Angelo da Rocha Fragoso, doutor em Filosofia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro, professor da Universidade Estadual do Ceará (Uece) e editor da revista Conatus – Filosofia de Spinoza. Ontem, houve uma aula inaugural. Os próximos encontros estão agendados para os dias 13, 20 e 22.


A proposta é apresentar o contexto sócio-político-econômico holandês do século XVII como cenário da vida e da obra de Benedictus de Spinoza, que viveu de 1632 à 1677. Da filosofia deste judeu que perseguiu a liberdade, os alunos irão se debruçar sobre seu livro Ética. “Desta obra, a principal do autor, iremos comentar os aspectos de Deus (teologia), do homem (antropologia), dos afetos, da servidão e da liberdade (felicidade)”, antecipa Emanuel Angelo.


O curso “Psicose, Loucura e Realidade em Psicanálise”, ministrado pelo psicanalista Ronald de Paula Araújo, parte de provocações: “O que é loucura?”, “O que a distinguiria do que nomeamos como normalidade?”, “Esta distinção é possível?”. O curso tem o objetivo de promover trocas sobre estas questões e os diversos aspectos envolvidos quanto ao diagnóstico e tratamento do que comumente se denomina ‘loucura’ e suas nuances, a partir da perspectiva da psicanálise e suas contribuições.


“Partiremos de uma pequena contextualização da situação geral da psiquiatria, hoje centrada no discurso dos transtornos e suas principais críticas internas. Traremos a contribuição da clínica psicanalítica, com ênfase na noção de estrutura e no seu singular diagnóstico a partir do discurso do próprio psicótico, em ‘contraponto complementar’ ao diagnóstico psiquiátrico ligado aos fenômenos visíveis”, aponta Ronald.


Ele completa: “O nosso eixo será a tese lacaniana sobre a psicose, que pretendemos apresentar da forma mais simples possível que a nossa interlocução nos permitir”.

 

SERVIÇO

 

Curso “Spinoza, Ética e Felicidade”

Quando: 13, 20 e 22 de fevereiro, das 19 horas às 21h20min

Quanto: R$ 100

Onde: Mediador - Centro de Desenvolvimento Profissional (Av. Santos Dumont, 1687, Sala 407)

Informações: de 15h às 19 horas / (85) 99292 0577 / (85) 98519 9786 / orcamentomediador@gmail.com


Curso “Psicose, Loucura e Realidade em Psicanálise”

Quando: 7, 14 e 21 de fevereiro, das 19 horas às 21h20min

Quanto: R$ 100

Onde: Mediador - Centro de Desenvolvimento Profissional (Av. Santos Dumont, 1687 Sala 407)

Informações: de 15h às 19 horas / (85) 99292 0577 / (85) 98519 9786 orcamentomediador@gmail.com

ADRIANO NOGUEIRA

TAGS