PUBLICIDADE
Jornal
Inovação

Carnaval que segue

Com estilos e ritmos diversos, bandas e blocos que agitaram o Carnaval seguem com programação de shows durante todo o ano. Neste fim de semana tem festa!

Banda Dubaile
Banda Dubaile (Foto: Camila De Almeida/Divulgação)

Quem curtiu a folia carnavalesca em Fortaleza, neste ano, notou a presença de blocos e bandas que conseguiram animar o público indo além do tradicional repertório momino. Misturando o rock com o axé, o indie com o funk, trazendo novas versões dos hits históricos de antigos carnavais ou inovando ao cantar grandes sucessos de Sandy&Junior, Nação Zumbi, Legião Urbana e muitos outros artistas nacionais e internacionais, ritmos que inicialmente não combinam com o clima carnavalesco se fizeram forte nas festas.

A Cidade teve a presença de grupos formados por jovens músicos que embarcaram na ideia de compartilhar seus gostos musicais com quem curte o Carnaval. Recebendo respostas positivas e dispostos a cantar novos sons e diferentes estilos, essa turma pretende seguir com a folia durante o ano e conquistar novos fãs.

Arrastando o público para a folia e conquistando novos admiradores que se entregaram ao agito de misturas do tipo Numb (Linkin Park) com Medo Bobo (Marília Mendonça), Shape of You (Ed Sheeran) com Chamego ou Xaveco (Banda Magníficos) e até o rock de Song 2 (Blur) com o funk de Elas estão Descontroladas (Bonde do Tigrão), a Superbanda esteve presente pela primeira vez na programação oficial do Ciclo Carnavalesco de Fortaleza, neste ano.

Com frevo, carimbó, maracatu, samba rock e até lambada, a Dubaile une sons de vários lugares do Brasil para fazer uma festa com repertório atual, mas sem deixar de fora canções antigas que ganham uma nova releitura, como Pagode Russo, de Luiz Gonzaga, e Frevo Mulher, de Zé Ramalho. "O nome 'Dubaile' já explica o nosso lance: tocamos um som que anima a galera, um som do baile. A gente gosta de se divertir e de ver a galera se divertindo junto", narra Thales Aurélio, produtor e guitarrista da banda.

Thales relembra a apresentação que marcou a banda aconteceu no Mercado dos Pinhões durante o Pré-Carnaval. Palco para a Dubaile e para a Superbanda, o Pinhões é um dos locais mais contagiantes, com público que transmite energia para seguir com os dias de folia.

Leia mais na página 3

Líllian Santos/ especial para o povo