PUBLICIDADE
Jornal

Último show dos Beatles completa 50 anos

| londres | A curta apresentação para uma pequena plateia aconteceu no telhado da gravadora Apple

01/02/2019 03:51:29
último show dos Beatles no telhado da Apple
último show dos Beatles no telhado da Apple

Os Beatles já estavam cansados de ser os Beatles quando subiram a um "palco" pela última vez: no dia 30 de janeiro de 1969, os Fab Four pegaram seus instrumentos no topo do edifício do número 3 da Savile Row, no bairro de Mayfair, Londres, e tocaram juntos para uma audiência pela última vez. A apresentação ficou conhecida como Apple Rooftop Concert.

A história ainda não definiu de quem foi a ideia: há quem diga que foi de Ringo Starr, e na lembrança do tecladista Billy Preston, que acompanhou o quarteto na apresentação, a ideia foi de John Lennon. O engenheiro de som Glyn Johnson, célebre por gravar os maiores astros do rock inglês, diz que foi dele.

Fato é que a banda estava instalada no prédio da Apple Records, centro de operações da gravadora, produtora de filmes e estúdio. O plano era - depois de ter lançado o White Album em 1968, e de um período em que Ringo ficou afastado da banda - fazer um filme sobre o processo criativo dos Beatles no estúdio, nas gravações do que seria o disco Let It Be. O final seria uma apresentação ao vivo: a primeira desde 1966.

As filmagens começaram no Twickenham Film Studios. Mas a banda já não estava em seu melhor momento de convivência, e o fato de tentar fazer rock and roll no inverno britânico muito cedo não ajudava. Um trecho do filme Let It Be, de Michael Lindsay-Hogg, mostra George Harrison discutindo com Paul McCartney num tom altamente irônico. "Eu vou tocar o que você quiser que eu toque ou não vou fazer nada", diz Harrison.

Envolvido nas gravações de uma parte das The Basement Tapes, com Bob Dylan e a The Band em Nova York, Harrison concordou em retornar a Londres sob uma condição: abandonar as sessões no Twickenham e mover a operação para o prédio da Apple Records. A turma concordou e alguns dias depois o quarteto estava pronto.

Em um momento revelador do filme Let It Be, McCartney tenta de todo jeito convencer John Lennon e fazer a banda voltar ao palco, usando como argumento a série de shows realizados em Liverpool em 1961, depois da temporada na Alemanha. A sugestão de um show surpresa é tentadora demais mesmo para Lennon. A história segue e conta que depois de especulações megalomaníacas como Los Angeles, o Coliseu e uma ilha na Grécia, a banda concordou em tocar no terraço, na hora do almoço.

Instrumentos, estrutura de palco, sistema de PAs, microfones e cabos foram levados quatro lances de escada acima, e em 30 de janeiro de 1969 uma pequena turma de amigos, e equipe de filmagem, presenciava aquela última aparição dos quatro Beatles juntos tocando suas músicas.

O som foi mixado numa máquina de gravação de 8 canais, e o grupo performou tomadas de cinco canções: Get Back, Dig a Pony, I'Ve Got a Feeling, Don't Let Me Down e One After 909. Embora o filme se encontre hoje fora de catálogo, alguns vídeos e trechos ainda podem ser encontradas na web. (A. Estado)

TAGS