PUBLICIDADE
Jornal

O SANTO Santa Martinha

01/02/2019 03:52:52

Com pai muito famoso, Martinha cresceu em meio a popularidade, sempre muito alegre e caridosa. Educada como cristã, assim que o pai morreu, doou a fortuna herdada aos pobres e ingressou na vida religiosa. Durante as perseguições do imperador Alexandre, o Severo, Martinha foi reconhecida entre cristãos e, mesmo tendo chance de ser poupada, reafirmou sua fé cristã e exigiu receber o mesmo tratamento que seus irmãos. Quando tentaram executá-la grandes feitos aconteceram: Primeiro Alexandre mandou que fosse açoitada, mas a força com que rezou comoveu seus carrascos. Ninguém teve coragem de flagela-la. O imperador mandou então que ela fosse jogada às feras, mas os leões não a atacaram. Condenada à fogueira, as chamas não a queimaram. Martinha foi então decapitada. No instante de sua a execução a tradição narra que um forte terremoto sacudiu toda cidade de Roma.

TAGS