PUBLICIDADE
Jornal

Começar de novo

Lançamento da Volkswagen sacode o segmento de hatches médios

05/10/2017 00:00:00
NULL
NULL

Jocélio Leal

ENVIADO A SÃO PAULO*

leal@opovo.com.br

 

[FOTO1]

Um novo carro que abre um novo momento para a marca alemã. Aliás, o primeiro de um comboio de 20 novos modelos, como anunciou o presidente e CEO da empresa para a América do Sul, David Powels. Esta simbologia explica em larga medida a atenção que a Volkswagen dedicou ao novo Polo. Começa em R$ 40,990 e vai a R$ 69.190.


A alemã está disposta a renovar o Line Up (cardápio) e a própria imagem, corroída pelo Dieselgate. Para quem estava em alguma imersão bem longa, o escândalo de falsificação de testes de emissões de poluentes que atingiu diversas marcas, ma começou pela descoberta de fraude praticada pela Volkswagen nos Estados Unidos.

[SAIBAMAIS]

Uma inegável semelhança do Polo é a traseira. Lembra muito o Gol. No testes feito entre o hotel Hilton (em São Paulo) e a Fazenda Boa Vista – pouco mais de 100km, em Porto feliz (SP)– houve abordagens nas paradas para troca de motorista e as pessoas perguntavam se era o novo Gol.


As duas versões mais baratas são a Polo 1.0 e Polo 1.6 MSI. Já os mais caros são Polo 200 TSI Comfortline e 200 TSI Highline. Um detalhe: estas são equipadas com motor 1.0 turbo, mas a VW usa 200 em vez de 1.0 porque as pessoas não entenderiam. Os “200” se referem aos 200 Nm de torque.

[FOTO2]

O Polo de entrada tem motor 1.0 aspirado de 84 cv e 10,4 kgfm. O 1.6 MSI é aspirado também, mas com 117 cv e 16,5 kgfm. Em ambos os casos, câmbio manual de cinco velocidades.


Nas mais caras, o mesmo motor 1.0 TSI que está no Up!. O mesmo em termos. Tem 128 cv e 20,4 kgfm, de acordo com a Volkswagen. Somente na versão turbo o modelo traz câmbio automático e seis marchas.


O Polo tem maior distância entre-eixos, comprimento externo e largura. Os faróis e a grade do radiador são marcantes no novo Polo. Chama a atenção o para-choque. Ele valoriza a largura e o capô.


Na versão Highline, o acabamento é mais refinado. Em tom mais escuro. Nesta versão, há bancos com tecido mais sofisticado. Regulagem de altura do banco e na distância do volante existe a partir da versão Comfortline.


O modelo oferece sete opções de cores externas: preto Ninja, branco Cristal, vermelho Tornado (sólidas), cinza Platinum, azul Night, prata Sirius e prata Tungstênio (metálicas). O porta-malas tem 300 litros de capacidade. Esta capacidade pode ser ampliada para 1.071 litros, caso o encosto seja rebatido.


* O jornalista viajou a convite da Volkswagen


SAIBA MAIS


Grid

O modelo entra no segmento já disputado por hatchs médios como o Chevrolet, o líder de mercado. Briga também na pista com o Fiat Argo, Ford Fiesta e com Hyundai HB20, dependendo das versões.

 

Adriano Nogueira

TAGS
NULL