PUBLICIDADE
Jornal

Captur com câmbio CVT para engatar subida

As duas novas versões com motor 1.6 e câmbio CVT são a aposta para as vendas subirem

27/06/2017 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Ao lançar o Captur com câmbio automático CVT, a Renault criou um trunfo para engatar uma subida nas vendas, ainda aquém do esperado. Em maio chegou a 1.400 unidades, mas a meta é dobrar. Agora tem duas versões equipadas com motor 1.6 e câmbio CVT. Elas chegam ao mercado por R$ 84.900 (Zen) e R$ 88.900 (Intense).

[SAIBAMAIS]

A versão de entrada, 1.6 com câmbio manual, continua custando R$ 78.900. Agora a versão Intense 2.0 custa R$ 91.900. Antes era R$ 88.490. Antes o Captur só era vendido em duas versões. A de motor 1.6 e câmbio manual de cinco marchas ou motor 2.0 (148 cv) com câmbio automático de quatro marchas.


O discurso de venda da Renault, além do design, aposta na promessa de menor consumo de combustível. A montadora fala que a versão com motorização 1.6 SCe de 120 cavalos e câmbio CVT deve responder por 60% das vendas do Captur. A expectativa é de 20% da mais barata e 20% da mais cara.


A chegada das duas versões 1.6 abre novas frentes no menu da francesa. Até então, o câmbio manual de cinco marchas era a única opção para este motor. Para ter o modelo automático, só engolindo a topo de linha 2.0 e com a caixa de quatro marchas, motivo de bullying ante as opções da concorrência.


O câmbio CVT é o da irmã nipônica Nissan. O POVO guiou o Captur 1.6 automático em trecho curto e urbano, em Niterói (RJ). Nessa versão de caixa, ganham todos. A montadora deve mesmo vender mais e quem comprar terá um carro com melhor desempenho. Nas retomadas, o CVT aumenta a distância para o câmbio de quatro marchas. É a mesma do Nissan Kicks.


Atribuir como virtude principal o design é pouco, ainda que o brasileiro seja tão ávido pelo visual. Decerto, daí a recorrência do termo ”design sensual” pelas montadoras. Mas no caso do Captur, há outros elementos a favor. Um deles é o conforto. Tem bom isolamento acústico e suspensão bem resolvida. Em tempo: tem espaço interno agradável. Leva cinco passageiros e ainda as malas convencionais em 437 litros de porta-malas.


Com o modo ECO ativado e queimando gasolina tem médias de consumo de 10,5 km/l na cidade e 11,7 km/l na estrada. Com etanol, respectivos 7,3 km/l e 8,1 km/l, conforme o Inmetro. (Jocélio Leal, enviado a Niterói. O jornalista viajou a convite da Renault)

 

Quanto custa


Zen (R$ 84.900): luzes diurnas de LED, rodas de 17 polegadas, ar-condicionado, acesso e partida presenciais (com cartão), direção eletro-hidráulica, controle de velocidade de cruzeiro, sensor de ré, vidros e travas elétricos, airbags frontais e laterais e controles de tração e estabilidade.


Intense (R$ 88.400): além dos atributos da versão Zen, tem ar-condicionado digital, câmera de ré, sensores de luz e chuva e central multimídia.


SERVIÇO

 

Concessionárias Renault em Fortaleza

 

Jangada

Onde: Avenida Júlio Ventura, 100 – Aldeota

Telefone: 3306.8600


Regence Fortaleza

Onde: Avenida Santos Dumont, 7600 - Manuel Dias Branco

Telefone: 4042.1082

Adriano Nogueira

TAGS