PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Bolsonaro destaca pauta "legítima e democrática"

| Manifestações | Presidente comemora clima de paz nas ruas

27/05/2019 01:32:25

O presidente Jair Bolsonaro se manifestou várias vezes pelo twitter, ao longo do dia, sobre as manifestações de ontem em apoio ao seu governo. Ele negou que fossem atos que pediam o fechamento do Congresso e do STF, considerando que "a grande maioria foi às ruas com pautas legítimas e democráticas, mas há quem ainda insista em distorcer os fatos", escreveu em sua conta na rede social. Na sua concepção, o que aconteceu demonstra o "amadurecimento da democracia" brasileira.

Bolsonaro destacou, ainda, o caráter pacífico das manifestações, "o que traduz a esperança e a confiança do povo no compromisso que nós políticos temos com o futuro do país", disse no Twitter. Mais cedo, ele discursou durante um culto religioso na Igreja Batista Atitude, no Recreio, zona oeste do Rio de Janeiro, onde subiu ao palco com a mulher Michelle Bolsonaro, frequentadora do templo evangélico.

"Pela primeira vez na história do Brasil um presidente eleito está cumprindo o que prometeu na campanha", afirmou Bolsonaro. O presidente se emocionou durante o discurso, ao agradecer a Deus pela sua vida. "Peço orações para mim, para o Brasil e para as autoridades. Para que possamos vencer os obstáculos", discursou.

Bolsonaro disse que as palavras na política nem sempre representam a prática, mas que seu governo está fazendo diferente e mudando paradigmas. "Se estou aqui, é porque acredito na minha nação", declarou. "Juntos, podemos governar. Nós temos como transformar o Brasil numa grande nação", afirmou.

Bolsonaro e Michelle se ajoelharam no palco da igreja para receber as bênçãos do pastor Josué Valandro Jr., que conclamou os cerca de 3.500 fiéis presentes no culto para uma oração pelo presidente.

O ministro da Justiça, Sergio Moro, usou as redes sociais para elogiar as manifestações pró-governo deste domingo, 26. "Festa da democracia", escreveu em sua conta no Twitter, ressaltando que não houve pautas autoritárias. "Povo na rua é democracia. Com povo e Congresso, avançaremos. Gratidão. #Brasil."

O pacote anticrime de Moro foi defendido pelos manifestantes em diversas cidades, assim como a reforma da Previdência e outras medidas de Bolsonaro. Em Brasília, os manifestantes inflaram um boneco do ministro da Justiça usando uma roupa de super-homem. (das agências)

nome

TAGS