PUBLICIDADE
Jornal

Pelo menos 5 ações registradas no 10º dia de ataques

12/01/2019 01:30:00

No 10º dia de ataques no Estado, pelo menos cinco ocorrências foram registradas. O Centro de Referência em Assistência Social (Cras) no Conjunto Palmeiras foi incendiado na madrugada, pela segunda vez, desde que a onda de violência começou; também na madrugada, foi ateado fogo numa ambulância do Samu de Maranguape; no Mondubim, um micro-ônibus e um carro de empresa de telefonia foram alvos de dois ataques; no início da noite, em sucata no Autran Nunes, dois caminhões foram danificados.

 

Conforme boletim da Secretaria da Segurança e Defesa Social (SSPDS), até as 17 horas de ontem o número de detidos por suposto envolvimento nos ataques era de 319. Desses, quatro foram levados sob suspeita de ataque à estrutura do metrô na Parangaba. Dois, de 15 e 16 anos, foram encaminhados à Delegacia da Criança e do Adolescente (DCA). Os adultos, identificados como David de Lima Araújo, o "Caçador", e Giovani Melo da Silva, conhecido como "Irmão Gordão", já respondem por organização criminosa, dano qualificado, explosão consumada e corrupção de menores. Ambos têm 21 anos.

 

Outros dois homens e uma mulher foram presos na comunidade Oitão Preto, no Centro de Fortaleza, com sete litros de gasolina em um galão.

 

TAGS