VERSÃO IMPRESSA

Áreas urbanas do Ceará voltam a precisar de reforço dos carros-pipa

01:30 | 19/07/2018

Devido à ocorrência de chuvas dentro da média histórica, não houve Operação Carro-Pipa (OCP) da Defesa Civil do Estado, responsável pelo abastecimento nas áreas urbanas dos municípios, no primeiro semestre de 2018. A operação foi iniciada esta semana nas sedes de Boa Viagem, Pereiro e Mombaça. Até o fim do mês, outro “lote de municípios” deve ser definido para receber o abastecimento.


“A OCP está sendo retomada no início da segunda quinzena de julho, visto esse primeiro semestre ter sido com chuvas dentro da média histórica e que aliviou momentaneamente a demanda de escassez hídrica da maioria das sedes municipais”, informou o coronel Cleiton Bezerra, coordenador Estadual da Defesa Civil.


Segundo o Ministério da Integração Nacional (MI), o total de R$19 milhões disponibilizados ao Governo do Estado para atendimento das famílias que residem em áreas urbanas “está disponível desde o mês de janeiro, mas ainda não foi utilizado pelo Estado”. Segundo a Coordenação Estadual da Defesa Civil (Cedec), “foi solicitada ao MI a prorrogação do prazo para a utilização do recurso, com o fim de o mesmo ser executado a partir deste mês, período em que as chuvas são escassas e as demandas aumentam”.


Conforme Cleiton Bezerra, os municípios estão gradativamente enviando suas demandas para serem analisadas. Em 2017 foram atendidas áreas urbanas dos municípios de Alto Santo, Boa Viagem, Campos Sales, Deputado Irapuan Pinheiro, Iracema, Mombaça, Palmácia, Pedra Branca e Pereiro.


Através do monitoramento do grupo de contingência do Estado é feita análise de alguns parâmetros técnicos, tais como armazenamento hídrico dos reservatórios, obras de infraestrutura hídrica realizadas pelo governo e demanda reprimida de abastecimento à população para decidir os locais que devem receber o abastecimento por meio dos carros-pipa.

TAGS