VERSÃO IMPRESSA

"Todos do governo participaram do processo" , afirma Bismack Maia

01:30 | 03/05/2018
[FOTO1]

O ex-secretário do Turismo Bismarck Maia, atual prefeito de Aracati, afirma que não cometeu crime ao dispensar a licitação para a obra milionária do Acquario Ceará. Ele afirma que fez tudo baseado em parecer do ex-procurador Geral do Estado, Fernando Oliveira, e com anuência do Governo do Estado. Confira a conversa com O POVO.


O POVO – O que o senhor tem a dizer sobre a denúncia do Ministério Público?


Bismarck Maia – Confirmo o que disse sempre: eu era um secretário de Estado. O projeto era uma decisão de Governo e a autoridade maior do Estado na questão legal, a Procuradoria Geral do Estado (PGE), embasou e autorizou a contratação.


OP – Houve pressão do então governador Cid Gomes para o senhor assinar o contrato com a dispensa da licitação?


Bismarck – Não. Era apenas um projeto que se queria executar e coube à Secretaria do Turismo. Todos do Governo participaram do processo com conhecimento e vontade que desse certo.

[QUOTE1]

OP – O senhor ficou sozinho depois que o Ministério Público passou a investigar o contrato?


Bismarck – Procuro sempre não incomodar ninguém e tratar eu mesmo dos meus problemas.


OP – Há arrependimento em ter iniciado o processo do Acquario?


Bismarck – De minha parte, deu-nos a todos grande entusiasmo para termos esse equipamento. Se hoje existisse, nossa afirmação como destino poderia ser bem melhor. Afirmação como nos trouxe o Beach Park.


OP – O senhor pensa em um aquário para Aracati?


Bismarck – Lógico que não. O equipamento é para mudar a história de um estado cuja vocação maior é o serviço. Aracati necessita melhorar sua infraestrutura básica, adormecida há anos, como escola, estradas, urbanização da periferia, drenagem e saneamento. Essas têm sido minhas prioridades.


OP – O senhor se candidatou por causa da prerrogativa de foro?


Bismarck – O que significa de diferente? A Justiça é igual. Esse processo é de vários anos atrás. Teria lutado para continuar secretário e não o fiz, nem me permitiria isso. Fiquei fora do Governo por dois anos (antes de ser eleito prefeito de Aracati).


OP – Hoje, o senhor faria diferente. Iria pelo processo licitatório?


Bismarck – Tenho uma vida limpa, são anos de trabalho e de muitas obras e benefícios conseguidos para o Ceará, como Prodetur Nordeste, centenas de obras quando estava na Embratur e outras pela Setur. Essa (o Acquario) nos traz polêmica desde o nascedouro pela própria natureza. Poucos conhecem o projeto que, na realidade, é um oceanário

 

 

Essa (obra, o Acquario) nos traz polêmica desde o nascedouro pela própria natureza”




BISMARCK MAIA


Ex-secretário do Turismo

 

 

GABRIELLE ZARANZA

TAGS