VERSÃO IMPRESSA

Um mês sem água

01:30 | 19/03/2018
[FOTO1]

Era o dia de a água chegar às torneiras na Vila Azul de Cima, bairro de Boa Viagem. Fazia mais de 30 dias desde a última vez. Dona Maria do Carmo Morais de Araújo, 70 anos, nem lembrava. Foi avisada pela vizinha. “Passa 30 dias pra chegar e dura poucas horas. Depois acaba de novo”. A conta não tem faltado. Ela pagou R$ 18,97 da última vez por poucos litros recebidos. “Essa água é pra lavar roupa, limpeza da casa, lavar louça e tomar banho”, diz a aposentada. A de beber é de garrafão. A mangueira saída do terraço de entrada da casa se estendia até o quintal para encher uma caixa de 500 litros e dois baldes grandes. Dona Maria Carmo diz que o chafariz que fica ao lado de sua casa é abastecido por um pipa às segundas e quintas-feiras, pago pela Prefeitura. Também não dá para beber. É o que se tem na rua.

CR



GABRIELLE ZARANZA

TAGS