PUBLICIDADE
Jornal

Boneco de Bolsonaro foi retirado da Praça Portugal

20/11/2017 01:30:00


A presença do boneco inflável do deputado Jair Bolsonaro, de 12 metros de altura, na Praça Portugal, bairro Aldeota, não durou nem cinco horas. E não foi por conta do evento “Dia de furar o boneco do Bolsonazi”, organizado pelos opositores do político pelo Facebook, e que estava marcado para ocorrer às 19h30min deste domingo, 19. A estrutura foi retirada pelo próprio movimento Endireita Fortaleza, que a montou na tarde deste sábado, 18.
 

“Foi colocado e retirado ontem (sábado) mesmo por volta 20h30min, como já estava previsto. Nosso objetivo era apresentar o político e o discurso da direita e isso foi atingido. Agora vamos levar esta estrutura para o interior do Estado”, afirmou a representante do movimento Endireita Fortaleza, a estudante Renata Karla.
 

Ela ressalta que a decisão não teve relação com o evento, criado pelo paisagista Franklin Maia, que prometia, de forma irônica, um “furo coletivo” no boneco. A publicação no Facebook até às 20 horas tinha mais de 525 presenças confirmadas e 1,7 mil interessadas. “Isso só demonstra claramente quem são os verdadeiros incitadores de ódio”, afirmou Renata.


Quem passeava pela Praça Portugal na noite deste domingo pouco ouviu falar da presença do boneco do pré-candidato a presidente e muito menos da postagem que viralizou na internet. “Eu nem sabia que o boneco estava aqui. Mas se soubesse tinha vindo para tirar foto”, opinou o corretor de seguros, Alexandre de Castro.
 

Já o médico Henrique Salviano, 40, que passeava com o filho, discorda com a colocação ainda que momentânea do adereço em meio à decoração de Natal da praça. “A Praça Portugal sempre foi palco de manifestações de todos os lados, o que é legitimo, mas não cabe agora. A praça está tão bonita com a decoração de Natal. Não é momento para isso”, reclama. (Irna Cavalcante)

Adriano Nogueira

TAGS
NULL