PUBLICIDADE
Jornal

HQ Ceará recebe prêmio de Grande Contribuição

Projeto desenvolvido pela Fundação Demócrito Rocha (FDR) em parceria com Secultfor foi premiado com o troféu HQMIX, o Oscar dos quadrinhos brasileiros. HQ Ceará funcionou durante seis meses com formações e encontros

18/09/2017 01:30:00
NULL
NULL

[FOTO1]

A mais tradicional premiação de quadrinhos e profissionais do segmento no Brasil e o mais importante na América Latina, Troféu HQMix premiou o Curso Básico de Histórias em Quadrinhos, do projeto HQ Ceará, na categoria especial Grande Contribuição. 

 

Entrega da 29ª edição foi na noite de ontem, no Sesc Pompeia, São Paulo. Curso foi oferecido pela Fundação Demócrito Rocha (FDR) em parceria com a Secretaria de Cultura de Fortaleza (Secultfor).
 

Coordenador geral do projeto, Raymundo Netto recebeu o prêmio das mãos do apresentador e jornalista Serginho Groisman, padrinho do Troféu HQMix. O diretor financeiro da FDR, André Azevedo, também estava presente na solenidade considerada o Oscar dos quadrinhos.
 

“É muito emblemático isso para nós que fizemos esse trabalho pela primeira vez no Estado”, comemora Raymundo Netto que é, também, um dos autores do projeto. “É um reconhecimento que vai além do País. Movimentamos um grande número de quadrinistas no Ceará. Não só com capacitação, mas no sentido de fazer com que as pessoas aprendam a ler quadrinhos de forma mais crítica”.
 

“A vitória é positiva a partir do momento que os quadrinistas tenham mais espaço. Ainda faltava isso porque, embora o Ceará tenha muitos profissionais da área, não existem editais próprios, nenhum tipo de fórum ou políticas públicas que beneficiem o segmento”, avalia. “Além da falta de editoras. A FDR trabalha, mas a participação pode ser melhor. Nosso objetivo é fomentar isso. Queremos que as editoras apostem mais nos nossos autores”.
 

Em aproximadamente seis meses, foram mais de 30 quadrinistas envolvidos diretamente no desenvolvimento do projeto, conforme Raymundo Netto. Em todo o País, aproximadamente 6,2 mil pessoas se inscreveram no curso de educação à distância (EAD) formado por 12 fascículos e 12 vídeo-aulas que trataram de narrativas e roteiros, tiras, criação, edição e o mercado de HQs. As ilustrações são de Guabiras, cartunista do O POVO.
 

HQ Ceará contou com três cursos, seis oficinas, duas palestras e dois shows temáticos. Ministraram o curso quadrinistas como Daniel Brandão, Zé Wellington, Ricardo Jorge, J.J. Marreiro, Sirlanney e Pedro Brandão. A antologia HQ Ceará também foi indicada em outras duas categorias do Troféu: Publicação Mix e Edição Especial Nacional.
O próximo passo, explica o coordenador, é reabrir o Curso Básico de Histórias em Quadrinhos para quem não teve oportunidade de se inscrever anteriormente. Além disso, a Editora Dummar pretende transformar os fascículos em livro.

Rubens Rodrigues

TAGS