PUBLICIDADE
Jornal

'Candidatura é o partido que decide', diz tucano

08/08/2017 01:30:00

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse ontem que será o partido que decidirá o nome para Presidência em 2018. 

 

Questionado sobre a possibilidade de o prefeito de São Paulo João Doria, seu afilhado político, concorrer à Presidência da República, Alckmin disse que o tema não está em debate no momento.
 

“Candidatura é o partido que decide. Vamos discutir no momento certo”, afirmou. Na manhã de ontem, Doria recebeu elogios do presidente Michel Temer na cerimônia de assinatura do protocolo de intenções para transferência do Campo de Marte à prefeitura da capital.
 

No evento, o peemedebista pregou um discurso de conciliação nacional e enalteceu Doria por, segundo ele, ir pelo mesmo caminho. Chegou a chamar o prefeito de “amigo e companheiro”.
 

Alckmin faz parte da ala da sigla que defende o desembarque do governo Temer. A votação da denúncia contra o presidente na semana passada mostrou que os tucanos, que ocupam quatro ministérios, estão rachados sobre o apoio ao presidente. (Agência Estado)

Adriano Nogueira

TAGS