PUBLICIDADE
Jornal

BNB lança plano de demissão

04/07/2017 01:30:00


O Banco do Nordeste criou um plano de demissão voluntária. O Programa de Incentivo ao Desligamento (PID) foi aprovado ontem pela diretoria e pelo conselho de administração, que se reuniu a partir da tarde
de ontem e retoma hoje.


O prazo para manifestação de interesse começa amanhã e se estende até o próximo dia 14, conforme apuração do “Blog Jocélio Leal”. É quando o banco seleciona quem poderá seguir adiante com base nas regras e nos recursos disponíveis. Já o período para livre adesão dos funcionários será de quatro dias, de 24 a 28 deste mês.


O limite dos recursos para o PID é em função do lucro projetado para o ano. Há um piso de R$ 50 mil, calculado em função de 15 salários do funcionário em dezembro.


Pelas regras definidas, pode aderir quem entrou no BNB antes de 1º de janeiro de 2000 e quem, em 31 de dezembro de 2016, contasse com idade igual ou superior a 50 anos e aposentado pela Previdência Social ou em condições legais para requerer a aposentadoria.


O blog apurou que no máximo 300 funcionários deverão sair porque há limite de recurso para o programa.


O BNB tem hoje cerca de 7,2 mil funcionários concursados e em regime de CLT.


O desligamento de funcionário poderá se dar entre o 16º e o 45º dia corrido, contados da data da adesão. O BNB comunicou ao mercado que o impacto financeiro do PID só será mensurável após o fim do período de adesão. 

Adriano Nogueira

TAGS