PUBLICIDADE
Jornal

CVM abre cinco processos para investigar JBS

20/05/2017 01:30:00


A JBS entrou na mira da Comissão de Valores Mobiliários (CVM), xerife do mercado financeiro, desde que vieram à tona na última quarta-feira as denúncias de Joesley Batista, um dos sócios do grupo, incriminando o presidente Michel Temer. O frigorífico é investigado pela autarquia por suposta manipulação do mercado em cinco processos administrativos.

 

A CVM quer saber, sobretudo, se a JBS se beneficiou de informações privilegiadas para comprar dólar no mercado futuro e também na emissão de ações pelo acionista controlador do grupo - a FB Participações -, antes de a denúncia virar notícia e abalar o mercado.

 

A autarquia também está de olho em movimentações no mercado derivativo feitas pelo banco Original, controlado pelo grupo, e pediu “esclarecimentos adicionais relativos às notícias e especulações envolvendo delação de acionistas controladores da JBS”. (Agência Estado)

 

Adriano Nogueira

TAGS