PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Reforma abre guerra no PDT na Câmara

Previdência

10/07/2019 02:06:30

Em reunião tensa na Câmara ontem, o presidente do PDT, Carlos Lupi, tentou enquadrar parlamentares trabalhistas que são favoráveis ao texto da reforma da Previdência.

Segundo participantes do encontro, Lupi disse que os deputados que votarem a favor da reforma serão alvo do conselho de ética da legenda. Ao todo, nove pedetistas admitiram votar pela aprovação da reforma no sistema de aposentadorias.

Pelas redes sociais, o ex-candidato a presidente Ciro Gomes (PDT) defendeu a expulsão dos pedetistas que votarem pela aprovação da reforma.

Dos cinco deputados do PDT do Ceará, no entanto, pelo menos um indicou ao O POVO que pode contrariar a decisão do partido, que fechou questão contra a Previdência. Um segundo brizolista estaria inclinado a votar pela aprovação. E três são contrários.