PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Tin Gomes diz que tinha preferência de deputados

Assembleia. Sucessão

01:30 | 12/01/2019

O deputado estadual Tin Gomes (PDT) afirmou ao Blog Política na tarde de ontem, 11, que tinha a preferência dos parlamentares, do governador Camilo Santana (PT), além dos funcionários da Assembleia Legislativa do Ceará (AL-CE) para presidir a Casa.

 

Antes da definição da candidatura do correligionário, o deputado José Sarto (PDT), ele era um dos nomes que estavam postos na disputa interna entre a bancada governista. Além dos dois, tinha força o atual líder do Governo na Assembleia, Evandro Leitão (PDT).

 

Apesar de se definir favorito, Gomes ponderou que as circunstâncias fizeram "a gente decidir pelo Sarto". Diz ainda que pesou o veredito dos irmãos Ciro e Cid Gomes, ambos do PDT, que quiseram "fazer justiça" ao deputado.

 

"Pelo tempo de mandato que ele tem e pelo que ele já fez", acrescentou. Só na Assembleia, Sarto está no sétimo mandato. Na Câmara Municipal, são outros dois, de 1988 a 1992 e 1993 a 1994.

 

Sobre a composição da Mesa Diretora, Gomes descartou possibilidade de participação. Em entrevista coletiva na AL-CE na manhã de ontem, Sarto afirmou que os sete componentes da Mesa, que se formará ao final deste mês, não estarão na próxima Mesa, que se formará daqui a dois anos. Assim, diz Gomes, é provável a futura participação. (Carlos Holanda)

 

ELEIÇÃO

 

A eleição para a Mesa Diretora da Assembleia Legislativa ocorrerá no próximo dia 1º de fevereiro, no dia em que toma posse a nova legislatura da Casa.