Participamos do

TRE e Seduc capacitam professores para a formação cidadã

| REDE ESTADUAL | Alunos de Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral serão beneficiados por disciplina
01:30 | Jun. 27, 2018
Autor Israel Gomes
Foto do autor
Israel Gomes Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

[FOTO1] 

O debate sobre o processo eleitoral, a formação cidadã e o estímulo ao protagonismo juvenil estarão mais presentes em salas de aula de algumas das escolas da rede estadual de ensino. Cento e onze professores participaram de capacitação, realizada pela Secretaria Estadual da Educação (Seduc) e pelo Tribunal Regional Eleitoral do Ceará (TRE-CE), para ministrar a disciplina de “Educação para Cidadania na Escola”. A disciplina, que não é obrigatória na grade curricular, será ofertada nas Escolas de Ensino Médio em Tempo Integral (EEMTI).

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

As aulas estão previstas para terem início em agosto de 2018 ou no início de 2019, de acordo com o cronograma de cada instituição. A disciplina tem um total de 40 horas-aula e será ministrada uma vez por semana, durante seis meses. A estimativa é que, a cada semestre, mais de 4.400 alunos tenham acesso ao conteúdo.

A grade curricular abordará temas como: educação e cidadania; cidadania democracia e política no Estado Democrático de Direito; participação e mobilização em atos decisórios nos diversos espaços públicos e privados; o processo eleitoral no Brasil; e formação de lideranças e protagonismo estudantil.

O assessor técnico das EEMTIs, Jefrei Almeida, foi o responsável pela capacitação dos docentes. Segundo ele, o grande desafio dos professores será deixar claro para os alunos que a matéria não se refere a apoio a partidos políticos. Ele diz que o intuito é preparar os jovens, para que possam votar de forma “consciente”.

 

De acordo com Jefrei de Almeida, o conteúdo não é voltado apenas para a política, mas também para a formação cidadã e o papel na “construção e melhoria” da sociedade.

 

A professora de Biologia do Colégio Estadual Wilson Gonçalves, na cidade do Crato, Rivania Silva, diz que a disciplina é importante para que os alunos desenvolvam o “senso crítico”. “Os estudantes vão compreender qual é o seu papel na sociedade e se tornarão cidadãos atuantes”, argumenta.

 

Segundo Rivania, os professores de Ciências Humanas terão mais facilidade para administrar a nova matéria, por se tratar de um tema que faz parte do seu plano de aula. Ela alerta que será difícil conciliar o tempo entre as disciplinas que os docentes lecionam e o planejamento do novo conteúdo.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente