Participamos do

Barbosa mostra falta de traquejo em encontro

01:30 | Abr. 20, 2018
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

 

Considerado um outsider na eleição, Joaquim Barbosa não disfarçou a falta de traquejo político ao participar da primeira reunião com a cúpula do PSB, em Brasília. Fora da vida pública desde 2014, mostrou-se surpreso com a quantidade de militantes e repórteres.

 

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine

O estranhamento de Barbosa começou logo ao chegar à sede do PSB, onde era esperado por integrantes da ala afro do partido com cartazes, bandeiras e pétalas de rosa. Ao ser abordado pela secretária nacional da corrente Negritude Socialista, Valneide Nascimento dos Santos, o ex-ministro do Supremo desviou o caminho e repetiu, apressado: “Estou atrasado”.

 

Na reunião, precisou ser apresentado ao governador da Paraíba, Ricardo Coutinho. Na sala onde estava a cúpula do PSB, Barbosa questionou o presidente da sigla, Carlos Siqueira, por que havia tanta imprensa no local. Aos novos colegas de partido, demonstrou vontade de ser candidato, mas não escondeu suas dúvidas. Disse que é o “arrimo” da família, contou que a mãe está doente e que não poderia embarcar em aventura.

 

Após encerrar breve coletiva, Barbosa foi seguido por jornalistas e demonstrou impaciência quando perguntado se a demora em assumir a candidatura não o prejudicaria. “Who cares?”, respondeu em inglês.

 

Na saída, Valneide o esperava. Ao avistá-la, Joaquim Barbosa resmungou: “Sei que ela é candidata e está querendo aparecer na foto”. Ele aguardou a militante se afastar para seguir seu caminho.

 

Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente