PUBLICIDADE

PT organiza manifestações de apoio a Lula por todo o País

01:30 | 03/01/2018
NULL
NULL
[FOTO1]

O dia do julgamento do ex-presidente Lula (PT) pela 8ª Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), 24 de janeiro, será marcado por mobilizações em todo o País. Ao menos é o que planeja o PT, que não quer que os protestos se concentrem apenas em Porto Alegre, onde o TRF-4 fica localizado. No Ceará, a estimativa é de que pelo menos dez municípios recebam atos públicos.


Ontem, o ex-presidente confirmou que participará pessoalmente do julgamento, o que deve dar mais força aos atos públicos. Apesar disso, a prioridade do PT local é manter os eventos no Estado.


“Não vamos mobilizar para ser em Porto Alegre porque é muito longe e muito caro. Nós vamos priorizar ações aqui (no Estado) também para atender uma decisão do diretório nacional”, explica Francisco de Assis Diniz, presidente estadual da legenda. Os atos vão desde protestos a vigílias, aulas públicas e simulações de julgamentos.

[SAIBAMAIS]

Francisco de Assis afirma que foi marcada uma reunião para a próxima quinta-feira, 4, entre os dirigentes estaduais e municipais, parlamentares, movimentos sociais e sindicais para definir como será feita a mobilização. Ele adianta que já foram definidos atos em frente a todos os prédios da Justiça Federal no Ceará. Além de Fortaleza, outras nove cidades têm subseções.


Na capital cearense, segundo o dirigente, tudo indica que haverá uma vigília no dia anterior ao julgamento, mas ela não deve durar a noite inteira para não enfraquecer movimentação no dia 24. “Como queremos que a mobilização seja o dia inteiro, provavelmente devemos encerrar a vigília mais cedo”, esclarece.


Além da reunião do dia 4, a legenda vai agrupar prefeitos, vereadores e lideranças de municípios cearenses no dia 8 para construir uma caravana estadual.

O objetivo é angariar apoios para os atos do dia 24. As caravanas estão previstas para acontecer entre os dias 17 e 20 de janeiro.


Julgamento


De grande impacto eleitoral, o julgamento tem sido esperado ansiosamente não só pelo PT, que tem reafirmado que só planeja o nome de Lula para disputar a vaga e não tem plano B. Outros partidos têm acompanhado de perto o tema.

Para o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), se Lula for condenado, “do ponto de vista do País, é sempre ruim”, mas que não acredita que “a população vai tremer nas suas bases por causa disso”.


Os especialistas afirmam que a tendência é que a condenação seja confirmada, com grandes chances de o resultado não ser unânime entre os três desembargadores da 8ª Turma do TRF-4. Caso previsão se confirme, Lula fica com mais espaço para recorrer ainda dentro da 2ª instância.

 

Frases 

 

Nós não vamos para porto alegre, nós vamos fazer uma grande mobilização no estado. A ideia é fazer algo no sentido de estar conversando com as pessoas”

 

Francisco de Assis, presidente do PT Ceará

 

 

(Se Lula for condenado) é ruim para o país e para a memória, mas não acredito que a população vai tremer nas suas bases por causa disso. Não acho que o país vai tremer”


Fernando Henrique Cardoso (PSDB), ex-presidente

 

Serviço

 

PT organiza atos de mobilização para o julgamento de Lula


1) Encontro dos diretórios municipal e estadual do PT, além de movimentos sociais e sindicais, deputados e senadores para definir mobilizações do dia 24 de janeiro


Quando: quinta-feira, 4


Horário: 17 horas


Onde: Sede do PT.Avenida da Universidade, 2189 - Bairro Benfica


2) Plenária com prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e lideranças locais de municípios cearenses para organizar caravana estadual


Quando: segunda-feira, 8


Horário: 8 horas


Onde: Hotel Amuarama. Avenida Deputado Oswaldo Studart, 888 -
Bairro de Fátima

 

Letícia Alves

TAGS