PUBLICIDADE
NOTÍCIA

Com ou sem Lula, eleição será intensa, diz João Doria

01:30 | 05/01/2018
NULL (Foto: )
NULL (Foto: )
[FOTO1]

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), afirmou ontem que o debate eleitoral neste ano será intenso, com ou sem a presença do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na disputa. "Com ou sem Lula, o debate eleitoral será caloroso e intenso, com fortes embates com o PT", disse o tucano, em entrevista.


O prefeito colocou em dúvida se o petista vai concorrer ao Planalto, em razão dos processos judiciais a que responde e pela condenação imposta pelo juiz Sergio Moro, de 9 anos e 6 meses de prisão, no caso do triplex do Guarujá. O recurso da defesa do ex-presidente deve ser julgado no próximo dia 24, pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4), em Porto Alegre. "Vamos ver se o Judiciário vai permitir que Lula dispute as eleições, teremos uma prévia disso em janeiro", afirmou.


Questionado sobre a possibilidade de se candidatar ao governo do Estado ou à Presidência, Doria disse que sua intenção é continuar como prefeito.


O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), disse ontem que o candidato à Presidência deve unir o País e que o PSDB será "protagonista" nessa união. As declarações foram feitas dois dias após o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso afirmar que poderia apoiar outro nome na disputa, caso Alckmin não consiga unir o centro. Anteontem, em nota, FHC reiterou o apoio ao governador paulista.

Agência Estado

TAGS