PUBLICIDADE

Análise de provas traz isenção às investigações

01:30 | 26/12/2017
A perícia oficial na documentação entregue pela Odebrecht em ação sobre supostas propinas da empreiteira ao ex-presidente Lula 'é essencial para garantir a integralidade da prova'. A afirmação é da Associação Nacional dos Peritos Criminais.

 

Em nota, a entidade dos peritos criminais federais destacou que a perícia vai assegurar 'a necessária isenção no processo de busca pela verdade, único método capaz de confirmar ou afastar, de acordo com a Constituição e as leis vigentes, qualquer alegação feita no âmbito  do caso em discussão'.


No último dia 11 o juiz federal Sergio Moro acolheu pedido da força-tarefa da Operação Lava Jato e estendeu uma perícia em curso a um material enviado pela Suíça relativo ao sistema de propina da Odebrecht.


Os arquivos foram extraídos da contabilidade informal do grupo e serão analisados na ação penal em que o ex-presidente Lula é réu por corrupção e lavagem de dinheiro.


Lula é réu em ação penal por supostas propinas de R$ 12,5 milhões da Odebrecht.


Do total das vantagens indevidas, um apartamento no condomínio Hill House, em São Bernardo do Campo (Grande ABC) representa R$ 504 mil. Outra parte seria relativa a um terreno que a Odebrecht teria adquirido supostamente em benefício do ex-presidente e localizado em São Paulo, pelo valor de R$ 12 milhões.


Delatores da Odebrecht alegam que o imóvel seria destinado à sede do Instituto Lula.

Adriano Nogueira

TAGS