Participamos do

PGR denuncia ministro do TSE por suposta agressão à esposa

01:30 | Nov. 16, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

A procuradora-geral da República, Raquel Dodge, denunciou perante o STF o ministro do TSE Admar Gonzaga por lesão corporal resultante de violência doméstica contra a mulher, Élida Souza Matos. Os detalhes da denúncia ainda não foram tornados públicos, embora não haja sigilo. A peça em que a PGR faz a denúncia, protocolada na noite da terça, 14, ainda não se encontra disponível para consulta no STF.


A notícia do crime foi feita pela própria Élida, em boletim de ocorrência registrado contra o ministro do TSE, no dia 23 de junho, em Brasília, com realização de exame de corpo de delito - horas depois, ela decidiu fazer retratação. Mesmo com a renúncia de Élida à acusação, caso seguiu no STF, onde ministros do TSE tem prerrogativa de foro.


Dizendo ter sido informado da denúncia pela reportagem, Admar disse que precisava analisar a acusação da procuradora-geral antes de fazer comentários. No entanto, afirmou que o casal, hoje separado, está tentando a reaproximação.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente