PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

PT muda posição e deve votar pelo afastamento de Aécio

01:30 | 13/10/2017
Humberto Costa diz que PT deve fechar questão contra Aécio MARCOS OLIVEIRA/AGÊNCIA SENADO
Humberto Costa diz que PT deve fechar questão contra Aécio MARCOS OLIVEIRA/AGÊNCIA SENADO

Após o mal-estar causado pela nota em que o PT criticou a decisão do STF de afastar o senador Aécio Neves (PSDB-MG) do mandato, o partido deve fechar questão e votar pela manutenção das medidas cautelares aplicadas contra o tucano. A bancada vai se reunir na próxima terça, 17, data em que está marcada a votação sobre o caso em plenário. Segundo o líder da minoria no Senado, Humberto Costa (PT-PE), a manifestação do PT em relação a Aécio tinha um caráter institucional, de defesa da autonomia entre os Poderes, e não de apoio ao tucano. Para ele, a bancada do partido, com nove senadores, deve votar unida para manter o senador tucano afastado do cargo.

“O Senado vai ter que entrar no mérito da discussão. Agora nós vamos discutir se as coisas que têm contra o Aécio justificam, ou não essa recomendação do Supremo. Eu vou defender que nós votemos para seguir a recomendação”, disse.

Essa também é a posição de Fátima Bezerra (PT-RN). “Não dá para fingir que a gente não ouviu a conversa indecorosa que ele teve com Joesley Batista (dono da JBS). Não dá para fingir que não houve mala de dinheiro entregue ao primo dele. Se o Senado quer o respeito do povo brasileiro, não dá para tampar o sol com a peneira”, afirmou. Um dia depois de o Supremo determinar o afastamento de Aécio e impor outras medidas cautelares ao tucano, o PT emitiu uma nota em que classificava como “esdrúxula” a decisão.

AE

TAGS