Participamos do

A grande polêmica é o financiamento, diz Aécio

01:30 | Ago. 16, 2017
Autor O POVO
Foto do autor
O POVO Autor
Ver perfil do autor
Tipo Notícia

O senador e presidente licenciado do PSDB, Aécio Neves, afirmou ontem que a grande polêmica da reforma política é a questão do financiamento e que é preciso discutir a questão do financiamento público de campanha.


Aécio afirmou que defendia um financiamento com um teto de, por exemplo, R$ 500 mil por empresa ou um limite de 5% de doação de pessoa jurídica no conjunto da arrecadação de cada candidato, mas que a decisão do Supremo Tribunal Federal de vetar o financiamento privado e de pessoas jurídicas obriga a
novas discussões.


“Nossa proposta é que esses recursos sejam os propostos pela comissão da Câmara. Ou seja, um valor menor do que esse que venha de cortes nas emendas parlamentares e também dos recursos da renúncia fiscal que os meios de comunicação têm”, afirmou. “Portanto, o que o governo dá nós extinguiríamos com os programas eleitorais fora do ano eleitoral e a parcela desta renúncia viria para o financiamento das campanhas”, completou.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a todos os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e descontos em lojas, farmácias e muito mais.

Assine
Dúvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente