PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

Moro deseja 'boa sorte' para Alexandre de Moraes

2017-02-07 01:30:00

Em Nova York para uma palestra na Columbia University, o juiz federal Sergio Moro - que teve o nome lançado pela Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) para a vaga de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal - desejou "boa sorte" a Alexandre de Moraes, ao ser avisado sobre a decisão do presidente Michel Temer de indicar o ministro da Justiça para a Corte.


"Estou longe do Brasil e não vi notícias sobre o Supremo", disse. "Se o presidente escolher o ministro da Justiça, boa sorte. Mas não tenho comentários." Ele afirmou ainda que "não tem autoridade" para falar sobre ministros do Supremo.


Moro elogiou o ministro Edson Fachin, atual relator da Lava Jato no STF. "É um grande jurista. Ele teve importantes decisões mostrando que trabalha de forma independente."


Um protesto interrompeu o começo da fala de Moro em Nova York. Três manifestantes gritaram que ele "não representa a democracia" e "não deveria estar falando" no evento. O juiz iniciou a conferência alguns minutos depois.


Durante a palestra, Moro afirmou que "talvez a Operação Lava Jato deu ao Brasil a oportunidade para superar a prática vergonhosa de corrupção". Segundo ele, no longo prazo o País "será mais competitivo e os custos de contratos baixarão".


Na avaliação de Moro, a Lava Jato trará mais estabilidade para decisões de investimento. "Se não fizermos o combate a crimes, baixará a confiança na lei e na democracia", disse. E afirmou que a Operação é uma "oportunidade para combater o crime de pessoas poderosas".

Adriano Nogueira

TAGS