PUBLICIDADE
VERSÃO IMPRESSA

"Maior desafio é pagar em dia o servidor", diz prefeito

2017-02-23 01:30:00
NULL
NULL
[FOTO1]

Em visita inaugural do projeto itinerário da Prefeitura de Fortaleza e da Câmara de Vereadores, o prefeito Roberto Cláudio (PDT) afirmou que “o maior desafio” da gestão “é pagar em dia o servidor” e que, para tanto, está “reduzindo diversas despesas” que “envolvem cortar aluguel de carros” e “redução de contratos terceirizados”.


Em dezembro passado, RC havia anunciado projeção de corte de até R$ 300 milhões nos gastos públicos eliminando cargos comissionados e terceirizados.


A declaração foi dada na primeira sessão extraordinária do projeto “Nosso Bairro”. A promessa dos representantes dos dois poderes é visitar um bairro da Capital todo mês, para ouvir e discutir demandas dos moradores.


RC disse que a “iniciativa tem como missão aproximar o poder público da população” e, em três pontos, “ouvir, explicar e informar”.


Boa parte do discurso do prefeito, contudo, se voltou para explicar problemas na arrecadação. Ressaltando os “tempos de crise” que “têm afetado o Brasil”, reclamou “uma nova cidadania, mais sofisticada”, que denominou de “cidadania da escolha”, que “não deve se reduzir a demandar”.


“Demandar é o mais fácil. A gente já sabe o que precisa ser feito. Quando o dinheiro está curto, a nova cidadania nos impõe priorizar mais que demandar, em um novo comportamento de pactuação. Não adianta uma lista de 150 demandas sem entender quais aquelas cinco que não podem deixar de ser feitas nesses quatro anos”, disse.


“Nosso Bairro”

Seguindo a agenda que teve início no Cuca Jangurussu, o prefeito visitou os bairros São Cristóvão, Sítio São João e Conjunto Palmeiras, onde entregou 227 papéis de casas no Centro Social Urbano (CSU).

 

Durante a tarde, vereadores presentes à sessão se dividiram em salas do Cuca para debater questões de áreas como saúde, educação, urbanismo, empreendedorismo e habitação, em reuniões comandadas por presidentes das comissões competentes na Câmara Municipal.


“Estamos começando um momento novo, inédito. Aqui estão os dois poderes públicos para ouvir os moradores, construir uma agenda de trabalho com lideranças, militâncias sociais dessa comunidade. É o primeiro de muitos encontros que faremos”, disse Salmito Filho, presidente da Câmara.

 

Daniel Duarte

TAGS