PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

"Quero crer que Eunício não esteja trabalhando contra Fortaleza", diz RC

| EMPRÉSTIMO | Prefeito de Fortaleza, Roberto Cláudio respondeu sobre atraso em empréstimo de US$ 150 milhões. Pedido, que estava no Senado, voltou para a Casa Civil

19/04/2019 11:26:57
?PREFEITO de Fortaleza espera retomada da tramitação do projeto no Senado, que é presidido por Eunício Oliveira
?PREFEITO de Fortaleza espera retomada da tramitação do projeto no Senado, que é presidido por Eunício Oliveira (Foto: Valter Campanato/Agência Brasil)

Parlamentares cearenses criticaram ontem o senador Eunício Oliveira (MDB) após o pedido de empréstimo de US$ 150 milhões feito pela Prefeitura de Fortaleza retornar para a União.

Segundo deputados estaduais e vereadores, a solicitação dos recursos, que estava no Senado, última etapa antes da aprovação, retrocedeu até a Casa Civil do governo de Michel Temer (MDB) sem ter havido razão para isso.

Ao O POVO, o deputado Fernando Hugo (PP) disse que, "se o senador (Eunício), por birra ou intriga com um partido ou um grupo político, quiser prejudicar quase três milhões de cearenses, certamente não é o Eunício que nós aprendemos a admirar".

Ainda ontem, o deputado apresentou requerimento endereçado ao presidente do Senado pedindo informações sobre o trâmite do processo de concessão da verba, já avalizada pelo Banco Mundial e destinada a obras na área de preservação do meio ambiente na cidade, como manutenção de parques e garantia de balneabilidade da orla.

De acordo com João Jaime, deputado estadual do DEM, "a parte mais complicada (para liberar o dinheiro) já tinha sido cumprida", cabendo ao Congresso "apenas checar os documentos e aprovar, dentro do que diz a legislação".

O democrata afirma, todavia, que, no "meio político, correm rumores de que o senador não iria colocar isso pra frente por causa de uma votação pequena em Fortaleza".

O parlamentar conta que, conforme esses relatos, Eunício teria barrado o empréstimo como retaliação pela baixa votação que obteve na Capital, cujo prefeito, Roberto Cláudio (PDT), é parte do grupo do ex-presidenciável e desafeto de Eunício, Ciro Gomes.

Procurado, RC também se manifestou. "Eu quero crer que o senador Eunício Oliveira não esteja trabalhando contra Fortaleza e contra a gente da nossa cidade", disse à reportagem. "Por isso esperamos a retomada da tramitação do processo e da operação."

Em pronunciamento ontem na Assembleia Legislativa do Ceará, o deputado Danniel Oliveira (MDB), sobrinho de Eunício, rebateu as acusações.

"O empréstimo não está no Senado. Ao contrário do que foi dito aqui, que alguém tinha dito num grupo de Whatsapp que o senador ia perseguir algum município porque não teve a votação que esperava", acrescentou.

Oliveira classificou as críticas a Eunício como "uma maldade" e disse que "nós precisamos ter respeito pela figura do senador pelo que ele tem feito pelo Estado do Ceará".

Em seguida, o parlamentar mencionou que, "na semana posterior a sua derrota na eleição, o senador veio a Fortaleza para liberar R$ 1,675 milhão para a linha leste do metrô de Fortaleza".

O POVO tentou contato com Eunício por telefone, mas não obteve retorno.

TAGS