PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

NOTA

19/04/2019 03:26:51

"Geraldo Azevedo se desculpa pelo transtorno causado por seu equívoco e reafirma sua opinião de que não há espaço, no Brasil de hoje, para a volta de um regime que tem a tortura como política de Estado e que cerceia as liberdades individuais e de imprensa", informa a nota divulgada pela assessoria do cantor.

TAGS