PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Ainda alvo

22/04/2019 15:17:47

FELIPE "BARÓN" ESCURRA, o traficante que tentou matar Cándido, teve conversas recentes interceptadas em investigações, após sua fuga em julho. "Nós temos gravações da polícia brasileira dele falando com um traficante e falando que não vai desistir de me matar", informa o jornalista. Em 2011, pistas de pouso clandestinas usadas pelo "Barão da Maconha" foram destruídas pelas autoridades do Paraguai. Ele atribuiu o fato a reportagens de Cándido.

TAGS