PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Meio ambiente: condição de futuro

27/05/2019 01:38:52
Artur Bruno
Secretário do Meio Ambiente do Ceará
Artur Bruno Secretário do Meio Ambiente do Ceará (Foto: Ethi Arcanjo/O POVO)

No dia 8 de maio último, ex-ministros do Meio Ambiente se reuniram em São Paulo para lançar um alerta à sociedade. No documento, eles lembraram que um dos grandes desafios do século XXI é a implementação do desenvolvimento sustentável, conforme aprovação da Agenda 2030, na Assembleia-Geral da ONU, com o apoio de 195 países.

Na década de 1970, o Brasil deu importantes passos na institucionalização da questão ambiental com a criação da Secretaria Especial de Meio Ambiente (Sema), em 1973, e com a Lei da Política Nacional do Meio Ambiente, em 1981, ainda no regime militar. Na Constituição Federal de 1988, o Brasil tornou-se um dos primeiros países a tratar com destaque a questão ambiental em vários dispositivos constitucionais.

Infelizmente, o atual governo federal pôs em prática uma política de desconstrução das políticas ambientais, além do enfraquecimento dos organismos de fiscalização, como o Ibama e o ICMbio.

Na verdade, a defesa da natureza, da biodiversidade e da sustentabilidade não são incompatíveis com o desenvolvimento econômico. Pelo contrário. E o Ceará vem dando o exemplo. Dependemos do meio ambiente para sermos um Estado desenvolvido. O governo Camilo Santana vem investindo em energia limpa - eólica e solar, principalmente -, incentivando o mercado de produtos recicláveis, atacando o problema dos rejeitos e apostando na educação ambiental. Todos temos a ganhar mantendo os esforços a favor de uma economia de baixo carbono, combatendo o desmatamento ilegal, desenvolvendo a indústria florestal e trabalhando pela consecução dos 17 objetivos de desenvolvimento sustentável do Acordo de Paris.

Nosso Estado patrocina o florestamento e o reflorestamento, faz a gestão competente dos recursos hídricos e amplia nossas unidades de conservação - já são 26 estaduais e incentivamos a criação de outras, municipais ou particulares. Nosso compromisso é com as atuais e futuras gerações de cearenses. Como ensinam Milton Nascimento e Wagner Tiso, "há que se cuidar do broto pra que a vida nos dê flor e fruto". n

Clique na imagem para abrir a galeria

Artur Bruno