PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

Ceará, um solo fértil para a infância

27/05/2019 01:38:59
Onélia Santana
Psicopedagoga, primeira-dama do Ceará e presidente do Comitê Consultivo Intersetorial das Políticas de Desenvolvimento Infantil (CPDI) no Ceará
Onélia Santana Psicopedagoga, primeira-dama do Ceará e presidente do Comitê Consultivo Intersetorial das Políticas de Desenvolvimento Infantil (CPDI) no Ceará (Foto: NICOLAS GONDIM)

O Ceará recebe, amanhã e quarta-feira, no Centro de Eventos do Ceará, o II Seminário Internacional Mais Infância Ceará: A Garantia dos Direitos das Crianças na Construção de um Futuro Sustentável. Nestes dois dias, especialistas de fora do País e brasileiros apresentarão experiências exitosas e proporcionarão aos participantes a oportunidade de conhecerem e debaterem temas de grande relevância.

A ideia do Governo do Ceará, por meio do Programa Mais Infância Ceará, é mobilizar gestores de diferentes esferas, profissionais e entidades para a importância das políticas públicas voltadas para a infância e garantia dos direitos das nossas crianças. A iniciativa conta com a parceria das prefeituras municipais e de instituições como Unicef, Unesco, UFC, Uece, Ifan e Editora Moderna, além do apoio do Programa Criança Feliz.

Em 2017, realizamos o 1º seminário internacional, que gerou ótimos resultados. Ficou claro que prefeitos e secretários despertaram a sensibilidade pela causa. Muitos nos procuraram para implantar as ações executadas pelo Mais Infância e, muitas vezes, complementaram as intervenções com novos serviços para a população.

E assim, cada vez mais, o Ceará se tornou um solo fértil para a primeira infância. As ações do programa estão sendo realizadas em todas as cidades cearenses - com construção de equipamentos como brinquedopraças, brinquedocreches, Praças Mais Infância e auxílio do Cartão Mais Infância.

Um bom exemplo é que o Ceará foi premiado, em 2018, por melhor execução e desempenho do Programa Primeira Infância no SUAS / Criança Feliz no Brasil. Foi o estado com o maior número de municípios proporcionalmente, maior número de visitas realizadas e que atendeu o maior número de crianças.

Temos a certeza de que este 2º seminário trará novos frutos para a infância do nosso Estado, que já teve um grande conquista, em março deste ano, quando as ações do programa se tornaram política pública, com a sanção pelo governador Camilo Santana da lei do Programa Mais Infância Ceará, que ganhou novo patamar de atuação com garantias de continuidade, já que a regulamentação resguarda as conquistas já realizadas.

Vamos reforçar essa sensibilização para que os gestores priorizem sempre a primeira infância e também foquem nos mais vulneráveis. Porque só assim teremos uma sociedade menos desigual. 

Clique na imagem para abrir a galeria

Onélia Santana