PUBLICIDADE
Jornal
VERSÃO IMPRESSA

CONFRONTO DAS IDEIAS

05/05/2019 09:50:21

Um grupo de médicos estuda a criação de uma regulamentação para a telemedicina no Brasil. De acordo com a proposta, procedimentos como consultas médicas e cirurgias poderão ser feitos à distância. A prática pode trazer benefícios para o atendimento dos pacientes?

 

Helmut Poti
cirurgião endoscopista
Helmut Poti cirurgião endoscopista

Sim

Um grupo de médicos estuda a criação de uma regulamentação para a telemedicina no Brasil. De acordo com a proposta, procedimentos como consultas médicas e cirurgias poderão ser feitos à distância. A prática pode trazer benefícios para o atendimento dos pacientes?

Edmar Fernandes
Presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará
Edmar Fernandes Presidente do Sindicato dos Médicos do Ceará

Não

O avanço tecnológico tem trazido inúmeros benefícios para a sociedade em diversas áreas do conhecimento, no entanto, existem vertentes da medicina em que não são aconselháveis aplicar o uso de instrumentos tecnológicos, a exemplo das consultas médicas.

A implementação da telemedicina, conforme a Resolução n° 2227/2018 do Conselho Federal de Medicina (CFM), já revogada, cuja previsão autorizava os médicos brasileiros a realizarem consultas online, telecirurgias, telediagnósticos, dentre outras formas de atendimento médico à distância, precisa ser melhor debatida no sentido de resguardar a vida dos pacientes, que devem receber diagnósticos precisos, e a segurança do profissional.

Caso a telemedicina seja regulamentada no formato em que estava prevista, procedimentos, como consultas virtuais, não permitirão ao profissional se certificar sobre a real situação do paciente, assim como assisti-lo de maneira mais direcionada e pessoal. A presença do médico é fundamental para o diagnóstico e tratamento precisos.

O método tem suas vantagens, sobretudo, na evolução da área e no auxílio de difíceis diagnósticos que necessitem de tecnologia avançada, porém, se faz necessário uma discussão mais aprofundada sobre todos os pontos que permeiam a temática, para que assim a ferramenta seja colocada em prática de maneira adequada e segura para os profissionais e seus pacientes.

A construção de algo importante como o avanço tecnológico aplicado na relação médico-paciente precisa ser realizada de maneira democrática e transparente. Os critérios adotados, hoje, durante uma consulta presencial garantem segurança aos profissionais e, sobretudo, aos pacientes, os quais são a verdadeira razão da medicina. n