PUBLICIDADE
Jornal

A Fortaleza de Demócrito

16/03/2019 02:26:36
Roberto Cláudio
Roberto Cláudio (Foto: divulgação )

A Prefeitura de Fortaleza faz uma dupla homenagem ao jornalista Demócrito Rocha Dummar, quando inaugura a Praça com seu nome. É dupla porque, ao tempo em que lembra a data de seu nascimento, ocorrida em 12 de março, localiza a praça em frente ao jornal

O POVO, a empresa do Grupo que era "menina dos olhos" do amigo Demócrito.

Desde muito jovem, ligado à comunicação e ao jornal, Demócrito integrou por mais de quatro décadas o Grupo de Comunicação O POVO que por mais de vinte anos foi seu presidente. Tempo em que Demócrito sempre evidenciou o desejo de contribuir com o desenvolvimento do Ceará e de Fortaleza, por meio da informação e do engajamento em causas pautadas nos ideais de transparência e coragem da nossa gente.

Importante também destacar seu espírito público. Nas conversas com colaboradores e amigos, lembrava sempre que a natureza do trabalho realizado por qualquer empresa de comunicação é pública, um serviço essencial e transformador, que possa ajudar na compreensão das pessoas sobre o contexto político e social nos quais estão inseridas. E foram esses ideais que o pautaram durante toda a sua trajetória.

Particularmente, aprendi a admirar outras três características do jornalista Demócrito Dummar. A primeira delas, a facilidade com que enfrentava a pluralidade de pensamento. Demócrito não só convivia muito bem com as ideias divergentes, como fazia questão de estimular o debate e o antagonismo que contribui para o amadurecimento da democracia.

A segunda, o seu apego à inovação. O jornalista sempre esteve antenado com as novas ideias e nunca temeu mudar. Desde um novo layout para

O POVO até os novos produtos pensados pelo Grupo, o jornalista sempre esteve à frente de inovações e mudanças que contribuíram para o engrandecimento de toda a cidade.

A terceira característica, talvez a mais cara para mim nesse momento, é o amor e o cuidado com o qual Demócrito tratava sua terra natal. Em entrevista concedida durante as comemorações dos 80 anos do O POVO, em 2008, Demócrito afirmou que o jornal O POVO "tem uma visão global das coisas, mas não perde a lente do olhar nativo".

É a esse exemplo de homem e de cidadão que tecemos nossas homenagens hoje. Nosso desejo é que um dia possamos ver realizado seu ideário de uma sociedade mais igualitária e mais democrática. "Uma sociedade de paz", como ele um dia sonhou. n

 

Roberto Cláudio Rodrigues Bezerra