PUBLICIDADE
Jornal

Comunidade B Fortaleza: seja bem-vinda!

FORTALEZA, CE, BRASIL, 20-07-2016: Haroldo Rodrigues Júnior, diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Unifor (DPDI). Campo Científico e Tecnológico da Universidade de Fortaleza, o Intec Unifor. (Foto: Camila de Almeida/O POVO)
FORTALEZA, CE, BRASIL, 20-07-2016: Haroldo Rodrigues Júnior, diretor de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação da Unifor (DPDI). Campo Científico e Tecnológico da Universidade de Fortaleza, o Intec Unifor. (Foto: Camila de Almeida/O POVO)

No Ceará, o que se tem de melhor é sua gente! Algumas iniciativas recentes, privadas e/ou públicas, mesmo que ainda embrionárias, têm como objetivo reter a exportação dos cérebros cearenses. Isso é animador, pois percebe-se que o movimento global de mudança da regra do jogo dos negócios, ou seja, dos negócios com propósito, começa impactar o nosso capital humano.

O momento é provocador. Imagine trabalhar numa organização tendo como missão redefinir o conceito de sucesso nos negócios. Imagine que esta redefinição mexe com conceitos pétreos, substituindo a máxima do "lucro acima de tudo" e pondo em seu lugar o "lucro com benefícios socioambientais". São essas as mudanças da hora!

Mais animadora é a notícia que a cidade de Fortaleza foi convocada pelo Sistema B do Brasil para organizar sua comunidade B, inspirada nos casos do Rio de Janeiro, Santiago (Chile) e Mendoza (Argentina), ali apoiadas pelo CAF. O desafio representa um comprometimento de todos: empresários, academia, poder público, comunicadores, líderes de opinião, compradores, investidores e empreendedores.

O Sistema B é um movimento global que, entre outras coisas, induz o surgimento de comunidades B, assim contribui para a solução de problemas globais pela intervenção local. As comunidades B podem gerar uma "convergência de interesses, coesão e construção de confiança social para que as empresas e outros atores construam um mercado e uma economia onde o sucesso é medido pelo bem-estar das pessoas, da sociedade e da natureza no curto e longo prazo". É importante destacar as ações de cada cidadão na construção de uma nova economia.

A inspiração da iniciativa é transformadora para Fortaleza. Todos perceberão a relevância de se criar um movimento em que corporações privadas se comprometem a também gerar bens públicos. As empresas não poderão mais pensar em fazer negócios a qualquer custo, sem pensar nos impactos gerados.

O desafio de formar uma comunidade de novos negócios com propósitos na cidade de Fortaleza requer fôlego, mas, ao mesmo tempo, esta é uma página em branco que estamos escrevendo. Acreditemos que a mudança é possível. Comunidade B Fortaleza: Fortaleza B, seja bem-vinda! n

Haroldo Rodrigues Jr

TAGS