PUBLICIDADE
Jornal

Ao meu Ceará: paz à terra do sol

A violência está demais, como se não bastasse o sol causticante sobre o meu sertão.

A violência está demais, como se não bastasse a ausência de água que sentem muitos de meus conterrâneos...

Sim, a violência está demais, só não vence a bravura, a garra, a esperança e a fé desse meu povo do Ceará.

Isso há de passar! A paz há de reinar!

Que o calor do teu sol, Terra da Luz, não se ofusque. Que tua beleza, cidade alencarina, sobrepuja a feiúra da escuridão. E se erga linda e vitoriosa, radiante como os raios de teu sol - Haja Paz no meu Ceará.

Helder Oliveira

TAGS