PUBLICIDADE
Jornal

Costura

O azul que encapa o leito

O peito que cede ao vento

A terra que encalca os rumos

são rastros célebres da vida.

E no sépia avermelhado

cabelos tecem uma dança

com os pés que também balançam

no aperreio quente do chão.

Sol e memória se enlaçam,

Mito e sangue se aninham,

na costura justa e fina

da mulher e seu sertão. n

Jinnye Melo

TAGS