Warning: include_once(includes/paginas/opovo/online/geral/header.php): failed to open stream: No such file or directory in D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src\scripts\Includes.inc.php on line 305

Warning: include_once(): Failed opening 'includes/paginas/opovo/online/geral/header.php' for inclusion (include_path='.;C:\php\pear;D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src/libs/google-api-php-client/src/') in D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src\scripts\Includes.inc.php on line 305

VERSÃO IMPRESSA

Eu moro no sofrimento

01:30 | 05/12/2018
A saudade poderia ser uma palavra usada só na poesia com a finalidade de expressar a falta de um amor, de um lugar ou de um ente querido que, completando sua trajetória, partiu cumprindo o destino e o ciclo natural da vida. Oxalá, assim fosse. No Ceará, a palavra saudade é um estado de espírito, um jeito de viver com a lembrança amarga e dolorida da violência letal tão tragicamente comum em alguns territórios da Capital e Região Metropolitana, principalmente.

 

O Ceará é o estado com o maior crescimento de mortes violentas de 15 a 19 anos de pessoas do sexo masculino, com aumento de 166% comparado ao mesmo período do ano passado, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística - IBGE.

 

O medo é democrático e atinge todas as pessoas, de todas as classes sociais e bairros. A violência letal, contudo, não é democrática. A morte atinge corpos preferenciais e prescindíveis. "Eu moro no sofrimento" é a frase de Dona Yolanda, moradora do Jangurussu, mãe de seis filhos, com quatro deles vitimados pela violência.

 

A luta pela sobrevivência é permanente nesses territórios marcados pela precariedade, criminalizados, em que o Estado opera sob a lógica de uma governança militarizada e repressora. A primeira demanda de pessoas como Dona Yolanda, seus filhos e vizinhos é permanecer vivas em face desses processos estruturais e estruturantes de morte. Tudo é muito precário: as condições materiais de existência, as políticas públicas de educação, saúde, arte e cultura.

 

As pesquisas desenvolvidas pelo Laboratório de Conflitualidade e Violência (Covio-Uece) e por outras universidades apontam as intervenções necessárias para enfrentar os homicídios na adolescência e juventude. Entretanto, falta vontade política por parte dos governos municipal e estadual, que privilegiam gastos públicos numa "segurança pública" pautada tão somente pela construção de torres de vigilância, militarização ostensiva e repressora.

 

Cada vida importa e, enquanto, milhares de mães como Dona Yolanda estiverem enterrando seus filhos vítimas da violência letal, o Estado, suas instituições e representantes continuarão falhando na promoção do primeiro direito básico e universal de cada vivente: o direito à vida.  

 

 

Jamieson Simões

jamrsimoes@gmail.com

Pesquisador do Covio-Uece

 

Rômulo Silva
romulofilosofo@gmail.com

Pesquisador do Covio-Uece
 

TAGS


Warning: include_once(includes/paginas/opovo/col.dir.php): failed to open stream: No such file or directory in D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src\scripts\Includes.inc.php on line 305

Warning: include_once(): Failed opening 'includes/paginas/opovo/col.dir.php' for inclusion (include_path='.;C:\php\pear;D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src/libs/google-api-php-client/src/') in D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src\scripts\Includes.inc.php on line 305

Warning: include_once(includes/paginas/opovo/online/geral/footer.php): failed to open stream: No such file or directory in D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src\scripts\Includes.inc.php on line 305

Warning: include_once(): Failed opening 'includes/paginas/opovo/online/geral/footer.php' for inclusion (include_path='.;C:\php\pear;D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src/libs/google-api-php-client/src/') in D:\msx\wwwroot\portal\opovo\src\scripts\Includes.inc.php on line 305